Volume exportado de soja em fevereiro recua 40% ante fevereiro de 2020

Os embarques de soja ao exterior em fevereiro deste ano recuaram 40% na comparação com igual mês de 2020. Foram 2,897 milhões de toneladas exportadas, ante 4,834 milhões de toneladas há um ano. A receita com as vendas externas em fevereiro foi de US$ 1,132 bilhão, 33% abaixo do US$ 1,693 bilhão contabilizados em fevereiro de 2020.

O preço médio pago por tonelada de soja em fevereiro, de US$ 390,80, aumentou 11,6% em relação aos US$ 350,20/tonelada de fevereiro do ano passado.

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia e consideram 18 dias úteis de fevereiro.

O atraso na colheita da safra brasileira de soja 2020/21, em virtude do plantio atrasado e das chuvas que retardaram os trabalhos de campo na colheita, e o ritmo mais lento de escoamento nos portos em virtude do clima úmido mantiveram os embarques fracos no mês passado.

Na comparação com janeiro, os embarques aumentaram 5.752%. Já a receita obtida com embarque avançou 4.765% ante janeiro de 2021. Em janeiro, o País já havia registrado recuo expressivo das exportações de soja. O volume embarcado ao exterior no último mês, de 49,5 mil toneladas de soja, foi 96% inferior ao 1,397 milhão de toneladas da oleaginosa exportados em janeiro de 2020.

Na comparação com janeiro, os embarques aumentaram 5.752%. Já a receita obtida com embarque avançou 4.765% ante janeiro de 2021. Em janeiro, o País já havia registrado recuo expressivo das exportações de soja. O volume embarcado ao exterior no último mês, de 49,5 mil toneladas de soja, foi 96% inferior ao 1,397 milhão de toneladas da oleaginosa exportados em janeiro de 2020.

Data: 02/03/2021
Fonte: Estadão

Últimas notícias