PIB do agronegócio cresce 0,65% em maio

Brasília (15/08/2019) - O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro teve alta de 0,65% em maio e acumula crescimento de 0,68% nos primeiros cinco meses de 2019, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Os segmentos de insumos, agroindústria e serviços tiveram em maio elevações de 1,41%, 1,34% e 1,01%, respectivamente, enquanto a atividade primária (dentro da porteira) apresentou queda de 1,05% na renda gerada, em função principalmente dos maiores custos dos fertilizantes e das rações para animais.

De janeiro a maio, o maior destaque foi para o setor de insumos, que subiu 6,8%, seguido por agroindústria (1,71%) e serviços (1,03%). Mais uma vez, o segmento primário registrou recuo, de 2,61%.

A pecuária foi a principal responsável pelo resultado positivo do PIB do agronegócio, tanto no mês quanto no acumulado do ano, com variações positivas de 2,6% e 3,63%, respectivamente, e expansão de todos os segmentos da cadeia produtiva.

No ramo agrícola, houve alta de 0,13% em maio, reflexo do crescimento dos segmentos de insumos (1,83%), agroindústria (1,20%) e agrosserviços (0,48%). O setor primário na agricultura recuou 2,70%. No acumulado de janeiro a maio, os resultados são similares, com elevação nos insumos (8,13%), agroindústria (1,55%) e agrosserviços (0,42%), e queda apenas no segmento primário, de 6,75%.

Fotografia: Gesso (Ronaldo Cabrera)

Data: 15/08/2019
Fonte: CNA

Últimas notícias