Seed Point

Gente da semente

Avanços e inovações em SEMEADORAS: tudo pela plantabilidade

Os aperfeiçoamentos visam à qualidade de semeadura: a deposição adequada das sementes e fertilizantes, e a distribuição de forma equidistante e na profundidade recomendada – e sem danificar o insumo

Prof. Dr. Paulo Roberto Arbex Silva, coordenador do Grupo de Plantio Direto (GPD) do Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Botucatu/SP

Seed

Semeadoras são máquinas agrícolas que realizam a operação de semeadura de espécies vegetais que se reproduzem por sementes, segundo razão de distribuição previamente estabelecida (Portela, 2001). Essas máquinas podem ser classificadas de diferentes maneiras, segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), porém a principal classificação é quanto ao mecanismo dosador de sementes, sendo os mais utilizados:

* Semeadora de disco perfurado horizontal (mecânicas): são as mais comuns do mercado. Utiliza discos rotativos perfurados e anéis, que devem ser trocados conforme as dimensões das sementes e a quantidade a ser distribuída no solo.

* Semeadora pneumática ou a vácuo: são as semeadoras mais modernas no mercado atualmente. Utilizam a pressão do ar (vácuo) para prender as sementes até a saída pelo condutor. O vácuo é formado por uma corrente de ar soprada por uma turbina. Como o ar é aspirado, as sementes são presas na parte externa do disco dosador, sendo liberadas quando o vácuo é interrompido pelo obturador.

As semeadoras pneumáticas, comparadas às semeadoras de disco horizontal, têm como principais vantagens a maior precisão na dosagem de sementes uma a uma, pois esse sistema tem menores problemas...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!