Ihara

 

IHARA: 50 anos de crescimento no Brasil

Empresa de defensivos promove iniciativas para comemorar o meio século de atividade

A Ihara celebrou no mês passado seu 50º aniversário. Para comemorar, a fabricante de defensivos agrícolas com sede em Sorocaba/ SP reuniu autoridades, acionistas, clientes e formadores de opinião em um jantar para cerca de 450 pessoas em São Paulo. No evento, o presidente da empresa, Julio Borges, lembrou o histórico de lutas e sucessos da empresa. “Nossas atitudes buscam deixar uma marca que possa ser seguida por nossos sucessores. Queremos mostrar o quanto é importante que cada um, cada empresa, faça seu papel e cumpra sua parte na história. Temos a responsabilidade de construir uma companhia próspera, moderna e, acima de tudo, que respeite e ame o que faz”, ressaltou.

E também compartilhou os investimentos que a empresa vem fazendo em suas plantas fabris e nos projetos para desenvolvimento de novas soluções para a agricultura. Atualmente, são cerca de 70 soluções em curso, sendo 50 em pesquisa e outras 20 em fase de registro. O presidente do Conselho Administrativo, Masashi Mizoguchi, falou em nome dos acionistas e reforçou a busca incessante por tecnologias que possam agregar ainda mais valor à agricultura brasileira. Já o cônsul-geraladjunto do Japão em São Paulo, Hiroaki Sano, destacou a importância do trabalho da Ihara. Os executivos das sete acionistas da empresa – Eiji Ito, da Nipon Soda; Takuro Shinohara, da Kumiai Chemical; Masahiro Fujita, da Sumitomo Corporation; Takehiko Kanai, da Mitsui Chemical; Ray Nishimoto, da Sumitomo Chemical; Maki Hosoda, da Mitsubishi Corporaton; Kojiro Kinoshita, da Nissan Chemical – entregaram a Julio Borges um Kakejiku (pergaminho japonês).

Ainda pela comemoração dos 50 anos até setembro a empresa deve entregar 50 novos poços perfurados em municípios da Bahia, Pernambuco e Rio Divulgação Grande do Norte. A ideia do projeto é beneficiar comunidades que se encontram em estado extremo de escassez de água. A companhia também vai patrocinar o projeto “Concertos Brasil: Festival de Música 50 anos Ihara”, que irá percorrer diversas cidades mesclando atrações e artistas consagrados em praças públicas. Também vai ocorrer a Corrida Ihara, no segundo semestre, junto ao Setembro Vermelho, promovido pela Organização Mundial da Saúde – campanha global das Nações Unidas com foco no combate e prevenção às doenças do coração.

História — A Ihara estabeleceu-se no Brasil em 1965. A companhia nasceu por meio da visão empreendedora de empresários japoneses, que desejavam trazer ao País novas soluções em defensivos agrícolas baseados na tecnologia japonesa, a fim de tornar a agricultura nacional mais moderna, produtiva e rentável. O cenário da chegada, no entanto, não era favorável. Na época, o País sofria com a alta inflação e recessão e a empresa só conseguiu sobreviver graças à persistência e à determinação de seus executivos. Desde então, a Ihara tem conquistado resultados sólidos e estruturados. Hoje possui em seu portfólio mais de 60 soluções como fungicidas, herbicidas, inseticidas e produtos especiais para as mais diversas culturas. A companhia, que faturava US$ 13 milhões em 1992, fechou 2014 contabilizando US$ 449 milhões.

Os executivos das sete acionistas da empresa entregaram a Julio Borges (primeiro à direita da foto) um Kakejiku, que é um pergaminho japonês