Linha de Frente - Kepler Weber

 

Buscando qualidade nos processos de SECAGEM de grãos

Nas últimas décadas, foi observada grande evolução tecnológica no plantio e na colheita de grãos. O incremento tecnológico das máquinas que operam nas lavouras não cessa, e cada vez mais é possível plantar e colher volumes maiores de grãos. Além do alto desempenho das máquinas, o setor genético também trouxe benefícios para a produtividade, colocando no mercado sementes mais produtivas e resistentes às intempéries e ao ataque de fungos e pragas em geral. Apesar da melhoria significava nesse setor, atualmente os produtores esbarram na problemática do beneficiamento pós-colheita, que não é capaz de suprir todo o fluxo de grãos que chega às unidades para serem beneficiados.

Um dos grandes gargalos do beneficiamento é o processo de secagem, que tem por finalidade a redução do teor de umidade dos grãos para que estes possam ser armazenados. A capacidade de processar os grãos está aquém da necessidade e muito dos processos de secagem não são eficientes. Além disso, é nessa etapa do beneficiamento que os grãos mais sofrem perda de qualidade, seja ela física (danos mecânicos) ou química (perda de componentes), portanto, a secagem não é apenas um gargalo, mas também uma etapa de fundamental importância para a conservação da qualidade do grão.

Assim, na tentativa de agregar agilidade e qualidade ao processo de secagem, a Kepler Weber traz em seu portfólio um modelo de secador diferenciado do mercado, com uma configuração de torre de secagem única e patenteada: secadores linha Khronos. Essa nova linha de secadores engloba uma faixa de capacidade estática entre 115 a 282 metros cúbicos, sendo composta por modelos que possuem dois, três ou quatro módulos de torre de secagem.

De acordo com testes realizados em campo, um dos grandes benefícios dos secadores Khronos foi a obtenção de um processo de secagem mais eficiente e com maior qualidade final para o grão. Tais vantagens ocorrem devido ao novo formato da torre de secagem, que oferece maior homogeneidade no fluxo de descida dos grãos dentro do secador, assim como maior homogeneidade no fluxo do ar de secagem, reduzindo diferenças de temperatura dentro da torre.

As bandejas de descarga do secador também auxiliam no fluxo de descida uniforme dos grãos dentro da torre. Tais bandejas são basculantes e podem ser reguladas quanto à altura e à intensidade de amplitude. Assim, podem ser ajustadas conforme o tipo de grão e a umidade a qual se deseja obter no final do processo. As bandejas estão distribuídas na quantidade de seis unidades por módulo de torre de secagem e, para manutenção, as bandejas permitem uma abertura total de forma conjunta ou individualizada. Após as bandejas, os grãos são direcionados para o funil de descarga. Devido ao atrito físico entre os grãos e o funil, este último pode sofrer desgaste precoce. Portanto, os funis de descarga da linha de secadores Khronos são revestidos com correia de duas lonas.

Outra vantagem desse equipamento é a preocupação ambiental. A fiscalização nas unidades de beneficiamento está cada vez maior, ficando proibida a emissão excessiva de particulados para o meio ambiente, principalmente nas unidades localizadas em área urbana ou próxima a elas. Para corrigir esse problema, os secadores Khronos possuem um dispositivo específico para captação das impurezas que são desprendidas da massa de grãos durante o processo de secagem.

Antes de ser emitido para o ambiente, o ar de exaustão é obrigado a passar pelo sistema de captação, que é composto por um conjunto de telas mais ventiladores. As impurezas são retidas pelas telas e os ventiladores as lançam para um ciclone externo ao secador, onde o cliente poderá realizar o ensaque e destino final das impurezas.

Ainda pensando no processo de captação de impurezas, é possível a utilização de uma máquina de aspiração posicionada acima do funil de carga dos secadores. Essa máquina tem a função de remover o excesso de impureza da massa de grãos antes da entrada no secador, o que torna o processo de secagem mais limpo e, portanto, com maior qualidade. Enquanto os grãos atravessam a máquina, um ar de aspiração puxa os particulados mais leves que os grãos para fora do fluxo da torre de secagem, sendo o destino dessas impurezas um funil de decantação conectado a um ciclone. Esse funil de decantação também tem a função de recolher os particulados que decantam naturalmente no difusor de exaustão, evitando o processo manual de limpeza. Em relação à dispersão de pós muito finos, alguns selos (fechamentos) foram acrescidos à torre de secagem, tornando o ambiente de trabalho mais propício à saúde humana.

Segurança — Buscando a adequação do produto às normas de segurança vigentes, a Kepler Weber inseriu em seu projeto diversas escadas e plataformas, posicionadas externa e internamente ao secador. Tais dispositivos permitem acesso fácil e mais seguro no que se refere ao trabalho em altura (atividade crítica nas unidades de beneficiamento e geradora de muitos acidentes). Além da maior segurança para as atividades em altura, os secadores da linha Khronos operam com ventiladores centrífugos, que emitem baixo ruído para o ambiente quando comparado às demais linhas de secadores que trabalham com ventiladores axiais.

O projeto desenvolvido pela equipe de engenharia da empresa também considerou a instalação dos ventiladores no nível zero, ou seja, em solo. A ideia surgiu através da preocupação com manutenção e segurança, pois estando instalados em solo, os riscos para operação e manutenção são baixos, oferecendo maior conforto aos operários da unidade. Os ventiladores ainda possuem proteções no eixo e na polia.

Outro aspecto voltado à segurança é a pré-montagem do equipamento. Os módulos da torre de secagem, assim como os difusores, podem ser montados em solo, sem necessidade de trabalho em altura e, no final da montagem, os módulos podem ser erguidos com guindaste. Além da maior segurança, a pré-montagem dos módulos pode ser realizada em conjunto com a construção da base civil onde será instalado o equipamento, agilizando e otimizando as obras em campo.

A Kepler Weber tem investido muito em pesquisa e desenvolvimento para oferecer aos seus clientes mais tecnologia e eficiência nos processos de beneficiamento

O processo de secagem é apenas um dos gargalos existentes na pós-colheita de grãos. A nova linha de secadores Khronos é uma etapa inicial para a melhoria da secagem. Porém, a Kepler Weber busca constantemente inovar os processos que envolvem o beneficiamento de grãos como um todo, desde seu recebimento até a expedição dos grãos já processados. Para tal objetivo, a empresa tem investido significativamente em pesquisa e desenvolvimento, oferecendo aos seus clientes mais tecnologia e eficiência nos processos de beneficiamento.