Aqui Está a Solução

 

INOCULAÇÃO DA SOJA

Quais são os cuidados básicos que devem ser adotados durante o processo de inoculação? Obrigado.

Francisco Florence
Arraias/TO

R- Caro leitor, existem algumas recomendações que devem ser seguidas. Segundo os pesquisadores da Embrapa, toda a operação deve ser feita à sombra ou nas horas mais frescas do dia (pela manhã ou à noite), conforme as indicações de dosagem e aplicação fornecidas pelo fabricante do inoculante. Em solos de primeiro ano de plantio a dose recomendada é o dobro da dose normal. Quando o inoculante é turfoso verifica-se que as sementes bem inoculadas ficam recobertas por uma camada fina e uniforme de inoculante. Após a inoculação, as sementes devem ser secas à sombra e semeadas em no máximo em 24 horas, desde que fiquem protegidas do sol e da umidade. Caso isso não seja possível, deve-se repetir a inoculação no dia do plantio. Também é muito importante que o produtor atente para o fato de que o inoculante não pode ser misturado com os fungicidas e micronutrientes, pois os mesmos são, em maior ou menor grau, tóxicos para as bactérias. Primeiro deve-se fazer o tratamento de sementes com fungicidas e micronutrientes e só depois fazer a inoculação. No caso de sementes tratadas com fungicidas e inoculadas, a semeadura deve ser efetuada em no máximo 12 horas. Caso isso não seja possível, as sementes devem ser inoculadas novamente.


LARANJA EM SÃO PAULO

Sei que São Paulo é o maior produtor de laranja do Brasil, mas gostaria de saber quais são os números dessa produção atualmente. Agradeço as informações.

Martín Pimenta
Itaberá/SP

R- Segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o estado de São Paulo tem 10.100 citricultores, cujos pomares totalizam 170,6 milhões de plantas em produção, em uma área de 464,4 mil hectares. Também há 23 milhões de pés ainda sem produção, em uma área de 37,3 mil hectares. O estado deverá ter um volume de 215,3 milhões de caixas de laranja de 40,8 quilos para a moagem industrial no próximo ano. Para a comercialização in natura a estimativa é de 53,3 milhões de caixas. Somados esses números, o total de produção comercial no estado é de 268,6 milhões de caixas.