Vitrine

 

A COLOSSAL AGRITECHNICA E AS PROVIDENCIAIS FUNDAÇÕES

Qual é a relação das fundações de pesquisa brasileiras com a maior feira agrícola do planeta? As fundações levam de forma direta, olho no olho, aos produtores o que de mais confiável já se apurou sobre produtos e serviços, enquanto a Agritechnica, megaevento realizado em Hannover, Alemanha, no mês passado, apresenta ao mundo o que de mais moderno já se constatou em tecnologias para agricultura e pecuária. E os dois assuntos são abordados nesta edição. A reportagem de capa retrata os oportunos trabalhos das fundações, estas instituições tão relevantes para as regiões agrícolas brasileiras, sobretudo as novas fronteiras. Não há exagero em afirmar que os sucessivos recordes da produção de grãos têm a participação direta das fundações.

Por falar em recorde, para descrever a maravilha que é a Agritechnica, só apelando aos números: 2.900 expositores de 47 países, 42 hectares de exposição, 400 mil visitantes e muita, mas muita tecnologia de ponta mesmo – a foto que ilustra esta página é uma moderna colhedora de batata. E A Granja esteve lá e relata parte do que foi observado. Inclusive a presença brasileira.

Mas A Granja atravessou o Oceano Atlântico uma segunda vez em novembro, para conhecer a moderna e intensa fábrica da AGCO em Beauvais, França. A planta já destacou para o mundo quase 900 mil tratores desde a inauguração, em 1960. Inclusive de lá chegam os tratores da Série 8.600, além das transmissões automáticas Dyna-6, que equipam os tratores da 7.000, montados em Canoas/RS.

Mas a edição tem muito mais daqui do Brasil. Como a entrevista esclarecedora sobre o que esperar de 2014 com o analista Marcos Rubin, sócio da consultoria Agroconsult, em O Segredo de Quem Faz.

Também as tradicionais seções e artigos esclarecedores, imperdíveis, para encerrar bem 2013.

Então, Feliz Natal e um próspero 2014!