Vitrine

 

COM OS OLHOS E INVESTIMENTOS EM 2013/2014

O segundo semestre de 2013 acaba de começar. Ainda temos um longo meio ano pela frente. Mas, para quem milita no campo, o ano civil não tem grande relevância. Já estamos no ano agrícola 2013/2014. O Governo Federal, inclusive, anunciou com a devida pompa – e a presença da presidente Dilma –, em junho, o novo Plano Agrícola e Pecuário, o popular "Plano Safra". O valor recorde de recursos disponibilizados de R$ 136 bilhões para financiar as safras, criações, investimentos vindouros contentou a produtores e lideranças. Mas, sobretudo, o que caiu no agrado de todos foram algumas inovações. É o que esclarece – em fundamentados argumentos – artigo analítico da sempre crítica e independente Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, a CNA.

Se futuro é o assunto, o que dizer do Oeste baiano? A reportagem d'A Granja esteve da Bahia Farm Show, feira que traduziu em oito hectares de evento (veja foto da feira) a pujança de outros 2,25 milhões de hectares cultivados com agricultura de alto nível tecnológico. Mas o que está por vir é igualmente promissor, afinal 5,5 milhões de hectares ambientalmente aptos para plantações comerciais nem foram tocados.

E o horizonte também é a abordagem do entrevistado d'O Segredo de Quem Faz, Edeon Vaz Ferreira, diretor executivo do Movimento Pró-Logística, que traça um cenário otimista para o futuro da infraestrutura do País. Mas vão depender de mobilizações como a deste ativo movimento as necessárias melhorias que precisamos todos.

Além disso, a edição ainda veicula reportagens e artigos atuais, de temas de importância no presente, como os dois textos sobre a aviação agrícola. Como fazer o uso correto do avião agrícola? E como voar apenas dentro dos limites da legislação? A lei é compreensivelmente bem rígida. E ainda tem a cobertura do Seminário Cooplantio, sempre com palestras interessantes.

Notou? Ainda nem se mencionou a reportagem de capa. O tema são os fertilizantes especiais, aqueles, digamos, marginais ao badalado trinômio N-P-K – nitrogênio, fósforo e potássio. O trio tem a merecida relevância para os cultivos agrícolas, ninguém questiona, mas que tal dar um crédito para os fertilizantes organominerais, foliares líquidos, biofertilizantes e outros. Caso você não tenha feito isso ainda, comece pela nossa reportagem.

Boa leitura! E um produtivo 2013/14!