Notícias da Argentina

TRIGO: CONTAS COMPLICADAS

Segundo informações oficiais, a previsão é que a venda externa de trigo seja de 4,8 milhões de toneladas, enquanto a escassa produção nacional da safra 2012/2013 dificilmente vai gerar um saldo de exportação superior a 3,8 milhões de toneladas. Cabe lembrar que o Governo estava convencido de que esta seria uma grande colheita e, por isso, inicialmente concedeu permissões de exportação para 6 milhões de toneladas. No entanto, agora, diante do novo cenário, o Governo apenas liberaria para as vendas externas um volume de 2 milhões de toneladas para janeiro e fevereiro. O restante ficaria condicionado ao desenvolvimento da produção. Com este panorama, não será estranho se 1 milhão de toneladas que foram contratadas não possam ser embarcadas. De certa forma, esse cenário atenua a situação dos produtores que esperam anular contratos por não contar com a qualidade necessária para a venda.


LENTO PROGRESSO

Vale repetir que 2012 foi um ano ruim para o produtor de leite, ainda mais se considerarmos os preços baseados na inflação vigente. Mesmo com os últimos ajustes, os preços estão 25% abaixo dos custos. Desde novembro é observada uma recuperação nos valores. No entanto, esse reajuste ocorre de forma lenta, ainda mais para um setor que sofre há pelo menos dois anos. Os números indicam que 2012 encerrou com preços 5% acima dos valores praticados em 2011, o que é insignificante se for levado em conta o alto custo registrado no ano passado.


NEUTRALIDADE

As imagens de satélites do Instituto do Clima e Água (ICA) do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (Inta) mostram que as condições necessárias para o fenômeno El Niño têm se enfraquecido. Dessa forma, os prognósticos indicam para um 2013 sem excessos ou déficits de chuva na primeira metade do ano. A informação é importante. O diretor do ICA, Pablo Mercuri, comenta que esse cenário deverá ser bastante favorável para que se reduzam os problemas de alagamentos nas lavouras e, ao mesmo tempo, que se desenvolvam boas produtividades em cultivos de milho e soja implantados em lotes sem problemas hídricos.


TRIGO

A colheita 2012/2013 do cereal foi estimada em 9,8 milhões de toneladas, a mais baixa em muitas décadas. Adicionalmente, o excesso de chuvas vem prejudicando a qualidade de alguns lotes.


SOJA

O plantio dos 19,7 milhões de hectares previstos para a oleaginosa está praticamente concluído. Os trabalhos recuperaram sua marcha normal, mas, mesmo assim, muitos lotes foram implantados tardiamente.


LEITE

O produtor recebe atualmente ao redor de US$ 0,34 pelo litro do leite, segundo a paridade oficial, ou US$ 0,22, segundo o valor no mercado paralelo. Esses preços seguem abaixo dos custos de produção.


CARNE

Os novilhos têm cotação entre US$ 1,86 e US$ 2 o quilo vivo, pelo valor oficial do câmbio. No entanto, no dólar paralelo, os preços caem para entre US$ 1,24 e US$ 1,33 o quilo vivo. Cabe destacar que é praticamente impossível obter o valor oficial, em dólares.