SLC Agrícola

 

SLC celebra conquista pioneira

Empresa é a primeira do setor agrícola a receber, simultaneamente, as certificações ISO 14001, NBR 16001 e OHSAS 18001

Denise Saueressig*
[email protected]

A fazenda Planalto, uma das 14 unidades produtivas que a SLC Agrícola mantém em seis estados, comemorou no mês passado a conquista simultânea das certificações ISO 14001, NBR 16001 e OHSAS 18001. A empresa é a primeira do setor a ter esse reconhecimento triplo. A ISO 14001 compreende as normas de um Sistema de Gestão Ambiental efetivo, com a redução dos impactos e o consequente equilíbrio entre produção e meio ambiente. A NBR 16001 envolve o Sistema de Gestão da Responsabilidade Social, com enfoque em compromissos éticos e na promoção da cidadania. Já a OHSAS 18001 consiste nas regras para a formação de Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional, destacando a integridade, a valorização e a motivação dos colaboradores. As auditorias ficaram a cargo da certificadora alemã Germanischer Lloyd (GL).

Localizada no município de Costa Rica/MS – a cerca de 20 quilômetros da divisa com Mato Grosso –, a fazenda Planalto emprega 190 funcionários e tem 17 mil hectares cultivados com lavouras de soja, algodão e milho. O esforço empreendido para a conquista das certificações incluiu investimentos de R$ 2,75 milhões e atividades de treinamento por 18,7 mil horas.

O sistema dirigido às três normas internacionais começou a ser implantado em 2008, conta o coordenador de Segurança, Sustentabilidade e Meio Ambiente (SSMA) da SLC Agrícola, Tiago Agne. “Identificamos as necessidades e as oportunidades de melhorias e, além de adequações estruturais, fizemos alguns ajustes pontuais na parte ambiental e criamos rotinas entre os colaboradores para que realmente houvesse uma mudança de cultura entre eles. O objetivo final era melhorar a qualidade e obter o reconhecimento desse trabalho, por meio das certificações”, detalha.

A SLC planeja que todas as fazendas do grupo sejam certificadas da mesma forma. A meta, até 2015, é que todas as propriedades estejam com o sistema integrado implantado. “A empresa é uma referência em organização e gestão, e a certificação comprova que mantemos um ambiente de trabalho bastante adequado e a produção sustentável em longo prazo. Além de favorecer nosso ambiente interno, essa ação mostra a eficiência do grupo para o mercado, que está cada vez mais exigente”, destaca o diretor presidente da SLC Agrícola, Aurélio Pavinato. Uma das maiores produtoras de grãos do país, a SLC cultiva 280 mil hectares. Até 2015, a expectativa é ampliar essa área para 400 mil hectares.

O presidente da SLC Agrícola, Aurélio Pavinato (no centro da foto), destaca que a empresa é referência em organização e gestão

*A repórter viajou ao Mato Grosso do Sul a convite da SLC