Aqui Está a Solução

 

PRODUÇÃO DE FLORES

Olá, amigos da revista A Granja. Estou fazendo uma pesquisa de mercado e gostaria que me ajudassem com informações sobre o segmento da produção de flores no Brasil. Grata pela ajuda.

Anamaria Nascimento Castilho - Presidente Prudente/SP

R- Cara Anamaria, segundo o Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), o setor envolve cerca de 9 mil produtores e conta com uma área cultivada de 12 mil hectares. O tamanho médio das propriedades é de 1,5 hectare. Os empregos diretos gerados somam 194 mil, dos quais 96 mil são relativos à produção, 6 mil à distribuição, 77 mil no varejo e 15 mil em outras funções. A mão de obra contratada é maioria, com 81,3%, enquanto o restante é familiar. O Brasil produz mais de 300 espécies de flores. Em 2011, o faturamento do setor foi de R$ 4,3 bilhões, e a previsão para 2012 é de um crescimento de 12%. A comercialização das flores é feita por 40 centrais de atacado, 600 empresas atacadistas, 25 mil pontos de venda no varejo e por mais de 30 feiras e exposições realizadas todos os anos no país.


EXPORTAÇÕES DE TABACO

Ouvi dizer que o Brasil é um importante exportador de fumo e gostaria de saber quais são os principais mercados para o tabaco produzido aqui no país. Obrigado

Olavo Edgar de Moura - Cachoeiro de Itapemirim/ES

R- Prezado Olavo, o Brasil é o segundo maior produtor mundial de tabaco e líder em exportações desde 1993. Em 2011, o tabaco representou 1,15% do total das exportações brasileiras, com US$ 2,89 bilhões embarcados. Segundo o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco) e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), da produção de 710 mil toneladas registradas na safra 2011/ 2012, 85% foi destinada ao mercado externo. O principal mercado brasileiro neste período foi a União Europeia, com 40% do total dos embarques de 2011, seguida por Extremo Oriente (28%), América do Norte (10%), Leste Europeu (10%), África/Oriente Médio (7%) e América Latina (5%).


DANINHAS NO FEIJÃO

Qual é o período crítico de competição das plantas daninhas com o feijoeiro? Agradeço a informação.

Roque Luiz Zimmer - Erechim/RS

R- Caro leitor, segundo os pesquisadores da Embrapa, o período crítico de competição situa-se entre os estágios V4 – emissão da terceira folha trifoliada e R6 – floração. A partir do estágio V4, há um aumento pronunciado do índice de área foliar. Esse estágio de crescimento é considerado um dos mais importantes, pois determina o arranque da planta do feijoeiro. Qualquer estresse (hídrico, nutricional, competição com plantas daninhas, fitotoxicidade de produtos químicos) que ocorra nesse estágio pode prejudicar o desenvolvimento da planta. Referências práticas evidenciam que o feijoeiro de hábito de crescimento indeterminado deve atingir esse estágio com aproximadamente 20 a 22 trifólios expandidos e fotossinteticamente ativos.