Cruzamento industrial garante desempenho com animal adaptado a clima tropical

O aumento da demanda mundial de carne bovina e das exigências do mercado consumidor quanto à qualidade e condições sanitárias têm exigido sistemas de produção cada vez mais eficientes e sustentáveis.

Os cruzamentos entre raças zebuínas e taurinas elevam os índices produtivos através da exploração da heterose e da complementaridade entre raças. Diante disso, os filhos provenientes de cruzamento expõem um desenvolvimento melhor do que a média dos seus pais, apresentando maior adaptabilidade a novos meio ambientes e rusticidade a temperatura e aos ectoparasitas.

Outro grande fator que comprova a eficiência das raças HB no cruzamento industrial é a precocidade no acabamento, ou seja, os animais ganham mais peso em menos tempo, o que possibilita negociar preços diferenciados ao abate com os frigoríficos.

A adaptabilidade dos zebuínos aliada à precocidade e mansidão do Hereford e do Braford produz um animal com melhor desempenho em clima tropical, rusticidade e qualidade de carne superior em ciclo curto de produção. Reflexo disso é o crescente interesse de criadores do Brasil pelas raças.

Data: 02/07/2020
Fonte: Ascom ABHB

Últimas notícias