Agro Giro

Márcio Nery assume presidência da Asbia

A nova diretoria da Associação Brasileira de Inseminação Artificial comandará a entidade entre 2019 e 2022. Entre as prioridades da nova gestão está fortalecer o Índice Asbia, fomentar a utilização de tecnologias de reprodução e impulsionar o mercado internacional de genética brasileira. “O Índice Asbia, hoje, traz como estratificação máxima os dados por estados. Nossa intenção é passar a fazer, já em 2020, essa estratificação por municípios, dando mais musculatura e mais força a esse termômetro do mercado”, revela o novo presidente da Asbia, Márcio Nery.

Campanha mostra os produtos derivados do boi

Uma das peças destaca que, com a gordura, uma das partes mais aproveitadas do boi, o homem pode fabricar de chiclete a vela, passando por detergente, giz, explosivo, fósforo, borracha e medicamento. A campanha é promovida pela Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) nas redes sociais e é intitulada “Do boi, só não se aproveita o berro”. O diretor-técnico da entidade, Francisco Manzi, informa que, “além da utilização óbvia para a confecção de sapatos, cintos, bancos de automóveis e roupas, o couro origina a gelatina neutra, usada na elaboração dos mais diversos produtos alimentícios”.

Produto pode reverter dependência por adubo fosfatado

Uma parceria público-privada entre a Embrapa e a empresa Bioma oferece, pela primeira vez, ao mercado brasileiro, um inoculante totalmente desenvolvido a partir de tecnologia nacional. O produto, denominado BiomaPhos, é produzido a partir de duas bactérias identificadas pela Embrapa, sendo uma no solo e a outra no milho. BiomaPhos aumenta a absorção de fósforo pelas plantas, o que pode mudar o quadro de alta dependência brasileira do mercado internacional de fertilizantes.

Preservar vegetação nativa rende R$ 6 trilhões ao Brasil

Os 270 milhões de hectares de vegetação nativa preservados em propriedades rurais – entre áreas desprotegidas e de Reserva Legal – rendem ao Brasil R$ 6 trilhões ao ano em serviços ecossistêmicos, como polinização, controle de pragas, segurança hídrica, produção de chuvas e qualidade do solo. O artigo foi elaborado em resposta ao Projeto de Lei nº 2.362, de 2019, apresentado no Senado Federal, cujo texto foi retirado pelos autores e pretendia eliminar a exigência de Reserva Legal.

Equipamento não invasivo avalia bem-estar animal

A Faculdade de Computação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e a Emprapa Gado de Corte desenvolveram a Plataforma Eletrônica Bovina. Esse protótipo não é invasivo. O aparelho é formado por um cabresto, no qual encontra-se acoplado o módulo controlador e também estão instalados sensores para o monitoramento simultâneo da frequência respiratória, cardíaca e temperatura corporal. Sensores também captam a temperatura ambiente, a umidade relativa do ar e a radiação solar.

Indonésia importará carne Halal brasileira

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, anunciou essa abertura de mercado que prevê um volume de 25 mil toneladas de equivalente carcaça. Ao todo, foram habilitadas dez plantas. Na avaliação do CEO da Siil Halal, empresa de Chapecó/SC especializada em certificação Halal, Chaiboun Darwiche, o acordo prevê a participação do Brasil no mercado Halal. A Indonésia é o maior país islâmico do mundo, estima-se que 88% dos indonésios sejam muçulmanos.

Decreto garante segurança jurídica e bons tratos em rodeios

A Sociedade Rural Brasileira (SRB) ajudou a articular as bases do Decreto nº 9.975/19, que dispõe sobre o bem-estar animal em rodeios. Publicado no Diário Oficial da União no dia 19 de agosto, o texto atribui ao Ministério da Agricultura a responsabilidade de avaliar os protocolos de bem-estar animal elaborados por entidades promotoras de rodeios. Para a SRB, a medida garante segurança jurídica para os realizadores e, sobretudo, proteção para os animais.