Falou

 

Busca da excelência em Sanidade Pecuária

“A pecuária de corte e leite representa 85% no nosso negócio”

Virgílio Santos Filho, diretor comercial da Bravet, destaca os produtos e as ações do laboratório

Revista AG – Quando surgiu a Bravet e onde está localizada?

Virgílio Santos Filho – A Bravet iniciou suas atividades no ano de 1976. A sede fica localizada no Estado do Rio de Janeiro, operando comercialmente e cobrindo todo o território nacional.

Revista AG – Qual o principal foco do laboratório?

Virgílio Filho – A Sanidade Pecuária, esse é o principal foco da empresa desde sua fundação. Atuamos também desenvolvendo soluções para o mercado pet, com foco em cães e gatos. Hoje, podemos dizer que nosso negócio está dividido em 85% para pecuária de corte e leite e 15% para cães e gatos, segmento em que estamos crescendo.

Revista AG – Em quais áreas atende o mercado?

Virgílio Filho – Sabemos hoje que o resultado na produção pecuária alicerça-se em 3 pontos primordiais: genética, nutrição e manejo. Focamos nossos esforços para suprir as principais necessidades nas áreas de nutrição complementar, através da suplementação medicamentosa e o manejo produtivo do rebanho nas propriedades. Através de soluções práticas e acessíveis, buscamos facilitar o dia a dia do produtor, melhorando a performance do plantel. Além disso, oferecemos também soluções éticas e terapêuticas, como ferramentas de trabalho e uso contínuo pelos médicos veterinários.

Revista AG – Quais os principais produtos do portfólio da Bravet?

Virgílio Filho – Temos as linhas de mono e polivitamínicos, como o Monovin A, Monovin B1, Monovin B12, Monovin C, Monovin E, Monovin K e o polivitamínico do complexo B, o Polivin B12. Destaco ainda os minerais Cobalzan e Bociodo para reposição de Cobre, Cobalto, Ferro e Iodo. Nosso portfólio conta ainda com o Modificador Orgânico Bravet, um complexo de vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais para o desenvolvimento do rebanho, bem como os endectocidas e ectoparasiticidas, como a Ivermectina 1% Bravet, Ivertop 3,5% Bravet e o Ciclorvet Puloverização e Ciclorvet Pour-on. Temos ainda soluções completas para o controle efetivo dos carrapatos.

Revista AG – Qual o carro-chefe na área de bovinos?

Virgílio Filho – O carro-chefe é o nosso Antitóxico Mercepton Injetável. Podemos dizer isso também sobre o nosso Modificador Orgânico Bravet (MOB). Ambos são produzidos com matérias-primas de alta qualidade, respeitando todas as etapas de formulação e fabricação. Manter-se líder na mente do produtor por mais de 30 anos só é possível apresentando muita qualidade e essa característica é percebida pelo mercado também no MOB, produto que ganha mercado ano após ano.

Revista AG – O laboratório trabalha com pós-venda?

Virgílio Filho – Nosso suporte à cadeia comercial veterinária é completo e contínuo. Temos equipes de vendas em todo território brasileiro, cobrindo, acompanhando e efetivando todas as demandas existentes na região. Com o suporte do nosso escritório central no Rio de Janeiro, estamos expandindo nosso SAC e aumentando a disponibilidade da empresa nos principais canais de comunicação existentes.

Revista AG – Como foram as vendas no último ano?

Virgílio Filho – Crescemos 33% em 2013, frente a 2012. Fomos a segunda indústria com a maior taxa de crescimento no mercado nacional, mesmo concorrendo com as grandes multinacionais. No ano de 2014, já colecionamos 18,6% de crescimento e, no ritmo que estamos, 25% de crescimento para 2014 nos parece uma meta factível. Estamos trabalhando para superá-la.

Revista AG – Para quais mercados a Bravet exporta?

Virgílio Filho – Para alguns países nas Américas do Sul e Central. Estamos obtendo bons resultados comerciais na Bolívia e no Paraguai, além dos novos mercados prospectados na América Central.

Revista AG – A Bravet prepara algum lançamento para este ano?

Virgílio Filho – Sim, estamos trabalhando para lançar o nosso Carrapaticida Ciclorvet nas formulações Pulverização e Pour-on. Esses itens chegam para completar nosso portfólio de combate aos ectoparasitas. Não pararemos por aí, estamos trabalhando para, em breve, expandir nossa linha de minerais.