A Voz do Criador

 

US$ 3 bilhões, fora a dor de cabeça!

Entre manejo, medicamentos e perdas de produtividade do rebanho, esta enorme cifra acima recheia a atual estatística dos reais prejuízos causados pelo carrapato à pecuária brasileira. As vacinas ainda não possuem eficácia comprovada, mas estão sendo aperfeiçoadas, e no futuro podem ser a revolução no controle deste parasita. Enquanto isso não acontece, o bom e velho manejo estratégico, o exame do carrapaticida anterior à aplicação de quaisquer produtos e o uso de moléculas ou associações eficazes ainda são as armas do produtor. Com este protocolo em mãos, é mais um ponto contra a resistência do importante ácaro aos principais carrapaticidas. Vale lembrar, também, o cuidado no banho carrapaticida, diluindo o produto em quantidade adequada para uma pulverização eficaz. Por este motivo, lançamos na nossa "Matéria de Capa" um grande especial para, mais uma vez, ajudar o produtor a combater este grande mal.

Completa a edição uma entrevista exclusiva com o "polêmico" Roberto Sainz, pesquisador da Embrapa e professor da Universidade da Califórnia. Ele mostra por que a padronização de carcaças não avança no Brasil e temas relevantes, como o uso de beta-agonistas pelos pecuaristas do Brasil. Em "Integração", as vantagens do sistema de cria para fertilização dos solos no sistema de integração lavoura-pecuária, tema presente na "Escolha do Leitor", todavia destacando seus efeitos sobre a incidência de ectoparasitas. O material foi acoplado à matéria de capa. Falando de gado, a seção "Raças" mostra as tentativas do Bonsmara para chegar ao prato do consumidor e "Leite" apresenta algumas dicas para uma inseminação artificial bem-sucedida. E assim como sua utilização na inseminação, os escores visuais para avaliação corporal dos animais são o tema de "Caprinovinocultura". Veja também os desdobramentos da Expointer, neste ano, castigada com o transbordamento dos rios próximos ao Parque Assis Brasil.

Isso e muita mais nesta excelente AG – A Revista do Criador.

Boa leitura!