Ovinos/Caprinos

 

Fenagri e Expovale

Neste ano, a Feira Nacional da Agricultura Irrigada (Fenagri) e a Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale do São Francisco (Expovale) serão realizadas simultaneamente, em Juazeiro/BA. Os eventos acontecem entre 14 e 19 de maio e terão na programação julgamentos, cursos, leilões e palestras.


Curso para jurados

A Associação Brasileira de Santa Inês (ABSI) realiza entre 13 e 16 de abril o Curso de Atualização para Jurados da ABSI. As aulas serão no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador/BA. Mais informações pelo site www.absantaines.com.br.


Congresso da carne

A criação de ovinos em Goiás, onde o rebanho soma em torno de 200 mil cabeças, estará em discussão durante o Congresso Internacional da Carne, que será realizado entre os dias 25 e 27 de junho. O evento é promovido pela Faeg e ocorre no Centro de Convenções de Goiânia.


Exposição no Ceará

A X Expoinverno (Exposição e Feira de Produtos e Serviços Agropecuários e Ovinocaprinocultura) será realizada entre os dias 1º e 5 de maio, no Parque de Exposições de Fortaleza/CE. Mais informações no site www.agenciagas.com/expoinverno.


Leilão na Bahia

Está agendado para 13 de abril o IX Leilão Accoba Show, realizado pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia. Estarão em pista animais das raças Santa Inês, Dorper, White Dorper e Boer. O leilão inicia às 14h, no Parque de Exposições de Salvador, durante a Expobahia. Mais informações pelo site www.leilonorte.com.br.


Oferta no Centro-Oeste

Animais de diferentes raças estão em pista no Leilão de Ovinos da Associação Sul-Matogrossense de Criadores de Ovinos (Asmaco). O evento será no dia 12 de abril, às 9h, no parque Laucídio Coelho, em Campo Grande/ MS. Mais informações com Ana Cristina, pelo telefone (67) 9985-2318.


Proposta para manter o rebanho

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sugeriu ao governo linha de crédito para a retenção de matrizes caprinas e ovinas. O projeto prevê R$ 250 por matriz retida com limite de até R$ 50 mil por produtor, conforme tamanho da criação. O prazo para pagamento seria de até cinco anos, com carência de um ano.


Controle da sarna

A Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul realizou no mês passado um mutirão para combater a incidência da sarna ovina na fronteira do estado com o Uruguai. A ação foi desenvolvida a partir da constatação do aumento da incidência da doença na região, tendo como objetivo eliminar os focos e conter a expansão.