Caindo na Braquiária

 

Fatos que influenciarão a pecuária em 2013

Alexandre Zadra - Zootecnista
[email protected]

Já passava das 3 da manhã e nenhum dos quatro jogadores havia ousado até então blefar. Cal e Alemão, muito conservadores, levaram as fichas das últimas rodadas daquela noite de Poker no CIZIP, com lhanos pares e trincas mínimas. Miúdo e eu víamos nossas reservas se esvaindo aos poucos quando, ao que parecia mais uma rodada sem emoção, após segurar despretensiosamente uma sequência de 10, Valete e Dama de Ouros e pedir para trocar 2 cartas, a sorte resolveu mostrar a cara. A primeira carta aberta das 2 trocadas que recebi me encheu de poder, pois era um Rei de Ouros, faltava filar uma carta torcendo com o coração acelerado para que fosse um Ás de Ouros. Como bem sabe quem joga Poker, nada adianta ter um Royal Straight Flush (a sequência de maior valor dentro do Poker) na mão se os outros jogadores também não tiverem bons jogos para que apostem muito e o dono da sequência mais valiosa leve a bolada para casa.

Traçando um paralelo com o jogo de cartas mais praticado no globo, o qual requer que todas as cartas se encaixem perfeitamente para apostarmos mais, podemos dizer que a pecuária e todo negócio que investimos, de forma geral, conta com uma série de fatores que nos alicerça para a tomada de decisão de injetarmos mais ou menos recursos na atividade a fim de buscarmos o objetivo final, que certamente é a busca da eficiência e do lucro na produção de carne bovina, e ainda temos de esperar que e economia interna e mundial vá bem, consumindo cada dia mais o produto e, portanto, aumentando sua demanda e sustentando altas cotações no mercado interno e externo.

A seguir alguns fatores (cartas) internos e globais que determinarão o rumo da pecuária brasileira e influenciarão no preço final do produto mais desejado na mesa em 2013:

1 – Demanda interna - Investimentos externos e consumo interno – Deverão ocorrer maciços investimentos de empresas europeias e americanas em países emergentes, onde, de acordo com estudo divulgado pela respeitada consultoria MacKinsey, que entrevistou mais de 12.000 executivos ao redor do mundo, grande parte dos recursos para novos investimentos será direcionada para países emergentes, com o intuito de diminuir custos de produção, sendo o Brasil um dos BRICs com maior chance de receber parte dessa alocação de recursos, assim, criando-se milhares de empregos com salários atrativos. De acordo com Affonso Celso Pastore, economista renomado, a diminuição da taxa de desemprego aliada ao aumento real do salário mínimo contribuirá para o aumento do consumo. Concomitantemente, estudo realizado pela Fecomércio em 2009 com o título “A evolução da classe média e o impacto no varejo” demonstrou que, com o aumento salarial real, a classe C aumentou o consumo de carne vermelha em 4%, o que significará uma demanda interna expressiva para o produto ao atingirmos 200 milhões de habitantes em 2015.

2 – Consumo externo – A indústria processadora de carne bovina vem ano a ano exportando mais, favorecida pela demanda de carne vermelha dos países árabes e asiáticos e, principalmente, pela taxa cambial, que tudo indica se manterá alta em 2013, proporcionando a manutenção de altos níveis de exportação.

3 – Novos entrantes na atividade – Com a nova realidade de inflação acima de 6% registrada em 2012 e, sobretudo, a menor atratividade em investimentos bancários, onde não há perspectiva de aumento da taxa Selic, alguns economistas citam a paulatina mudança de foco dos investidores, devendo haver um número crescente de empresários entrantes na atividade pecuária, que possui baixo risco e rentabilidade acima das taxas pagas pelo sistema bancário atual.

4 – Complexo soja financiando a pecuária – Temos nos deparado com um incremento real de novos projetos de Integração Lavoura Pecuária (ILP) em regiões de agricultura onde os lavoureiros vêm fazendo uma pecuária moderna, lançando mão de técnicas de manejo intensivo de pastagens e confinamento. É a bovinocultura de corte trocando de mãos, resultando numa pecuária intensiva e na utilização do solo em toda a magnitude.

5 – Alto índice de abate de matrizes – Em 2012 observou-se 42% de abate de fêmeas em relação ao abate total. Novamente um nível acima do esperado para que haja a reposição ideal de matrizes do rebanho nacional. A consequência é a diminuição da produção de bezerros e o aumento dos preços dos mesmos. Esse quadro dificilmente mudará em 2013. Ou seja, menor oferta, demanda contínua, resultando em preços altos para o bezerro.

As feições de Alemão, que havia pedido para trocar apenas 2 cartas, e de Miúdo, que havia trocado apenas 1, mudaram ao abrir seus jogos. Deveriam, então, ter recebido as cartas que precisavam para fazer um jogo de altas apostas. Para o azar deles e para minha sorte, recebi o Ás de Ouros que esperava, com o qual, após grande rodada de apostas e com uma mesa recheada de fichas, tive o prazer de fechar a banca com meu Royal Straight Flush.