Notícias do Montana

O sonho e a produção de carne usando Montana

O jornal La Nación, um dos mais importantes e respeitados da Argentina, publicou em 23/08/2011 um artigo interessante sobre a eficiência da pecuária daquele país.

Ao longo do artigo, o autor ressalta a importância de aumentar a eficiência da produção pecuária. É curiosa a informação de que o produtor argentino está preocupado apenas em repor estoque de gado, não conseguindo visualizar o aumento da eficiência como solução simples para aumento da produção na mesma área, ao contrário do simples aumento do número de cabeças.

O jornal argentino fala em sonhar com uma nova produção pecuária, aumentando a produção de carne por cabeça, produção de forragem aplicando alta tecnologia e, principalmente, o uso de genética que permita potencializar os atributos de carcaça.

Há, ainda, um interessante questionamento sobre o que seria mais eficiente: um veículo que gasta 10 litros de combustível para percorrer determinada distância ou um veículo que consome 20 litros para percorrer a mesma distância? E se mencionarmos que o primeiro transporta quatro pessoas e o segundo 50, como fica a resposta?

É interessante perceber que temos tal tecnologia à disposição do pecuarista no Brasil.

O que está sendo considerado um sonho nas fazendas argentinas, há muito é uma realidade para os produtores brasileiros.

Uma ferramenta de uso simples para incrementar a produção de carne é o uso de touros Montana.

Investindo em touros Montana, você estará gerando heterose no seu rebanho, produzindo quilos de carne extras por cabeça, usando as melhores características das raças usadas para formar o Montana e, especialmente, se valerá de uma avaliação genética sólida, certificada e comprovada.

O Montana é um animal composto, formado por uma série de raças especializadas na produção de carne, precocidade sexual, ganho de peso e excelente terminação. Por ser composto, o Montana é capaz de gerar, e manter, heterose com qualquer tipo de vaca, usufruindo dos ganhos do cruzamento entre raças. Também por ser um composto, o Montana pode se ajustar a qualquer região do país, trabalhando a campo, em monta natural, e produzindo bezerros rústicos, adaptados ao nosso ambiente tropical e ganhadores de peso.

Tudo isso com manejo de raça pura! É só usar o Montana nas vacas e continuar usando touros Montana nas gerações seguintes.

Além das vantagens do composto, o Montana também oferece animais geneticamente avaliados e com CEIP – Certificado Especial de Identificação e Produção –, que representa a garantia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sobre a comercialização de touros verdadeiramente melhoradores.

O “sonho” mencionado pelo periódico argentino está ao alcance do pecuarista brasileiro e do norte do Uruguai. Basta ligar para (17) 3231-6455 ou mandar um e-mail para [email protected] com.br

AGENDA DE LEILÕES

29/09 – Leilão Virtual Cruzamento Industrial Genética Aditiva – Canal do Boi

04/10 – Leilão Montana RS – Rural de Pelotas – Pelotas/RS

08/10 – Remate Don Florentino – Rivera/Uruguai

14/10 – Exposição de Alegrete – Alegrete/RS

22/10 – Remate Villa Serralta – Santana do Livramento/RS

27/10 – Remate Santa Jovita – Alegrete/RS