Notícias do Charolês

 

BRASIL SUL DE CHAROLÊS É DESTAQUE NOS CAMPOS GERAIS

O Núcleo dos Criadores de Charolês dos Campos Gerais promove a qualificada mostra especializada Brasil Sul de Charolês, em sua segunda edição, durante a 34ª EFAPI, de 13 a 18 de setembro, no Centro Agropecuário de Ponta Grossa/PR.

Conforme a diretora de eventos do Núcleo, Maria Lúcia Cunha Nascimento, a mostra de Charolês, que integra o circuito do Ranking Nacional da Associação Brasileira de Criadores de Charolês (ABCCharolês), deverá reunir uma expressiva representação de animais selecionados da raça. “Esperamos expositores não só de nossa região, mas também de Guarapuava, Londrina, Palmas e de outros pontos de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul”, prospecta Maria Lúcia.

O evento, que conta com o apoio da ABCCharolês, dispõe-se a proporcionar aos criadores, técnicos e público em geral a possibilidade de se certificarem do grau de seleção dos bovinos da Raça Charolês, estabelecer maior intercâmbio entre criadores e técnicos do setor agropecuário envolvido com a raça e também fomentar a criação de bovinos Charolês.

Os julgamentos de Classificação, marcados para o dia 16, com início às 9h, neste ano estão a cargo do Dr. Valmir Roberto Homrich, de São Borja/RS. Ele é integrante do Colégio de Jurados da ABCCharolês.

Outras informações sobre este evento podem ser obtidas pelos fones: (42) 3239-9100 ou (42)8801-5503.


EXPO BRASIL DE GUARAPUAVA: REFERÊNCIA EM CHAROLÊS

Mais uma vez a Expo Brasil de Charolês comprovou que a mostra é mesmo referência em genética para o Brasil. Os pontos altos aconteceram nos dias 6 e 7 de agosto, no parque Lacerda Werneck, em Guarapuava/PR. A 18ª edição da Expo Brasil de Charolês colocou em pista 56 reprodutores para os Julgamentos de Classificação, a cargo do membro do Conselho Técnico da ABCCharolês e selecionador da raça em Alegrete/RS, Jorge Renato Abreu.

Jorge Abreu (ao centro), recebendo homenagem do diretor Josef Pfann Filho e da presidente Hildegard Reinhofer, do Núcleo de Criadores de Charolês de Guarapuava

O jurado elogiou os animais e destacou a alta qualidade genética. “Os campeões e reservados de cada categoria desta exposição têm qualificação para competir na Expointer, que é a maior mostra da raça na América Latina e uma das maiores do mundo”, comparou Renato Abreu, que fez questão de parabenizar os criadores da raça e também os organizadores do conceituado evento.

NEGÓCIOS

Com a comercialização sob o martelo de Max Tedi de Col Teixeira, da Gralha Azul Remates, a Expo Brasil obteve faturamento global de R$ 278.848,00, com a venda de 245 animais, entre reprodutores Charolês e cruzas da raça. Os touros foram vendidos à média de R$ 6.200,00. Já as 236 cabeças de cruzamentos fizeram média geral de R$ 1 mil. Os bezerros, com peso médio de 269 Kg, fixaram média de R$ 4,16 o Kg vivo. Pesando na média de 245 Kg, as novilhas fixaram média de R$ 3,50 o Kg vivo.

OS CAMPEÕES

O animal que conquistou o título de Supremo Campeão foi a novilha “Pâmela 707 Jumper da Campo Bonito”, apresentada pelo Grupo Reinhofer.

Grande Campeã Jovem, “JUMA 530 DO TESOURÃO”, expositor - NELSON J. KLAS

Grande Campeão Jovem, “RP ARIEL 37 TE016 PARAMOUNT”, expositor - RENATO G. PENTEADO FILHO

Grande Campeã Adulta, “PAMELA 707 JUMPER DA CAMPO BONITO”, expositor, EDUARDO J. REINHOFER

Grande Campeão Adulto, “JACK 69 DA PEROLA”, expositor - JOHANN ZUBER JUNIOR

Informações sobre a Expo Brasil podem ser obtidas com o Dr. Josef Pfann, pelo fone (42) 8811-9107.

COMO MANEJAR TOUROS CHAROLÊS

As melhores respostas a esta e a uma série de perguntas que passeiam pelos pensamentos especialmente dos novos criadores estão respondidas e comentadas em detalhes no novo MANUAL DE MANEJO DE TOUROS CHAROLÊS.

Com 40 páginas fartamente ilustradas e contendo artigos focados no tema escritos por especialistas em pecuária, o MANUAL foi oficialmente lançado ao mercado brasileiro durante a Expointer 2011. O evento de lançamento foi um dos pontos altos para a raça Charolês nesta exposição internacional. “É preciso saber manejar corretamente os touros, para que eles possam mostrar rendimento máximo”, avalia o presidente da ABCCharolês, selecionador Joaquin Villegas.