Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Touro de Ouro

 

SEIS ANOS de sucesso na pecuária brasileira

Adilson Rodrigues e Erick Henrique

O dia 4 de novembro foi especial para a pecuária brasileira. Não por ser uma data comemorativa, mas por ocorrer a realização do Touro de Ouro 2014. O prêmio realizado pela Revista AG comemorou a sexta edição ininterrupta e mais uma vez reuniu os players da pecuária nacional e mundial, posto que boa parte das empresas homenageadas é formada por multinacionais. Como de praxe, o café da manhã congregou mais de 50 pessoas na sede da Sociedade Rural Brasileira (SRB), localizada no centro da capital paulista. Mais uma vez, a SRB foi parceira do evento, reforçando sua importância à classe ruralista. Em 2014, foi notória a acomodação de muitas das categorias, nas quais as empresas reforçaram as conquistas obtidas anteriormente.

É o caso da Zoetis, que novamente sagrou-se a grande vencedora, ao levar o Touro de Ouro em Antibiótico, Vacinas e Dispositivos de IATF, os mesmos dos últimos dois anos. Com uma estatueta a menos, logo atrás aparecem DSM-Tortuga, MSD Saúde Animal, Ouro Fino, Merial e Casale. DSM garantiu os troféus de Sal Mineral e Proteinado, MSD ficou com Antimastítico e Estimuladores de Cio, Ouro Fino, com Mosquicida e Carrapaticida, Merial, com Vacina Aftosa e Vermífugo e Casale, com Distribuidor/Misturador de Silagem-Ração e Vagão Forrageiro, todas mantendo conquistas passadas. As grandes novidades ficaram por conta da Vallée, que ficou com Energéticos; e Alta Genetics, em Inseminação Artificial.

“O Touro de Ouro se consolida como a principal premiação do setor, laureando pessoas e empresas em 35 segmentos pecuários através da votação dos leitores da Revista AG. Neste ano, observamos uma consolidação de posições. É a marca fazendo a diferença”, analisa Eduardo Hoffmann, diretor-executivo da Revista AG. “Quando consultamos os documentos de fundação da Sociedade Rural Brasileira, de quase cem anos atrás, é possível identificar que os produtores do passado já pensavam nos processos que temos hoje. O principal desafio foi e ainda é a competitividade, que nós alcançamos reunindo produtos e processos de excelência, como os representados no Touro de Ouro”, complementa Francisco Vila, diretor da SRB.

Um trabalho que, nas palavras de Mônika Bergamaschi, secretária de Agricultura do Estado de São Paulo, também contribuiu para consolidar o estado como exportador de carne bovina. “Em São Paulo, nós temos 22 milhões de hectares agricultados. A maioria ocupada pela pecuária, com seus 11 milhões de cabeças. O momento atual é de investimento na tecnificação das propriedades e na recuperação das pastagens”, declara Mônika, enaltecendo a importância de reconhecer o trabalho feito por pecuaristas, entidades e as empresas vencedoras do Touro de Ouro.

Quem viu de perto esse trabalho desempenhado pelos pecuaristas citados é Rodrigo Junqueira Castejón, diretor do Núcleo Rural Jovem da SRB. “Sou filho de pecuarista e cafeicultor e desde cedo vivencio o sistema produtivo. Agora me vejo aqui prestigiando toda a pecuária, de corte, de leite e seletiva”, discursou. O último a fazer uso da palavra foi Milson Pereira da Silva, diretor-executivo do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal há 27 anos. “Na vida não há prêmio e nem castigo, somente consequências. E o Touro de Ouro nada mais é que consequência do trabalho bem realizado, inovador e responsável”, disse Pereira, parafraseando o pensador Robert Green Ingersoll. Sem mais delongas, vamos às premiações do Touro de Ouro 2014.

Aditivo para Núcleo e Ração

PREMIX

“O Touro de Ouro confirma a qualidade de nossos produtos perante o produtor. Como uma empresa que tem o foco na tecnologia, não poderíamos estar mais satisfeitos, principalmente com a referência ao Fator P nos aditivos, que favorece o ganho de peso em até 20%, melhora a reprodução das fêmeas, pode reduzir o manejo sanitário e melhorar a resposta imunológica do animal. Além disso, pode reduzir em até 18% a emissão de metano por ruminantes. O nosso diferencial está em priorizar o cliente e seu negócio pecuário”, afirma Jonas Fagundes, coordenador de Marketing da Premix.

Eduardo Hoffmann entrega o Touro de Ouro da categoria Aditivo para Núcleo e Ração para Laura Cristina


Sal Mineral

DSM- TORTUGA

“O reconhecimento pelos pecuaristas leitores da Revista AG representa o sucesso da estratégia da DSM de levar soluções tecnológicas em nutrição e assistência técnica que promovam o incremento dos resultados dos nossos clientes. Em 2014, a marca Tortuga completou 60 anos de existência, e desde sua origem tem contribuído decisivamente para o progresso da produção animal do Brasil, tendo introduzido, de forma pioneira, novos conceitos de suplementação mineral e vitamínica e outras tecnologias indispensáveis para o aumento da produtividade”, explica João Hilário da Silva, gerente de Comunicação Sênior da DSM Brasil.

João Hilário recebe das mãos de Mônika Bergamaschi o Touro de Ouro na categoria Sal Mineral


Ração

SUPRA

Atribuo as premiações do Touro de Ouro ao enorme foco que a Supra sempre tem no meio rural, incessantemente buscando novidades e aprimorando produtos, tecnificando e auxiliando o produtor na evolução. No final de 2013, iniciamos as atividades da maior unidade da Supra, em Rio Claro, no interior de São Paulo. Estamos terminando de implementar todos os setores dessa fábrica. Em 2015, chegaremos a todo vapor com essa nova planta”, projeta Guilherme Pöerner Neto, da Supra.

Guilherme Pöerner é contemplado na categoria Ração por Rodrigo Junqueira


Proteinado

DSM-TORTUGA

“Certamente, o trabalho da empresa faz com que os pecuaristas nos tenham como uma referência e isso nos leva a conquistar as premiações do Touro de Ouro desde a primeira edição, há seis anos. Desde abril de 2013, Tortuga passou a ser a marca para ruminantes da DSM, que comercializa a linha de produtos para nove países da América Latina. A DSM passou a ser a maior indústria de suplementos minerais para animais no Brasil”, aponta João Hilário da Silva, da DSM-Tortuga.

Francisco Vila entrega o Touro de Ouro para João Hilário na categoria Proteinado


Antibiótico

ZOETIS

“Gostaria de agradecer a Revista AG e as pessoas que votaram nos nossos produtos. Ficamos honrados ao ganhar em três categorias diferentes. É um reconhecimento pelo nosso trabalho do ponto de vista da inovação, pesquisa e desenvolvimento, entre os quais buscamos sempre melhorar a sanidade e a produtividade do rebanho brasileiro. As categorias são bem diversas, mas, especificamente na área de antibióticos temos uma boa diversidade de produtos. Dos mais tradicionais, dentre os quais podemos citar Terraminicina LA, até os extremamente inovadores, como o Draxxin”, avalia o diretor de Negócios da Unidade Bovinos, Elcio Inhe.

Fábio Franco recebe o Touro de Ouro da categoria Antibiótico das mão de Milson Pereira


Antimastítico

MSD SAÚDE ANIMAL

“Ganhamos a premiação de Antimastítico devido ao nosso portfólio de produtos para vacas secas e vacas em lactação. Essa lista de tratamento intramamário é a mais completa do mercado. São moléculas exclusivas que estão há algum tempo em comercialização e todas essas conquistas no prêmio são o reconhecimento do mercado em relação àquilo que esses produtos se propõem a fazer. O Touro de Ouro vem a coroar o empenho de todas as empresas que trabalham firme junto das equipes”, destaca Dênis Alves Antônio, gerente de Produto Reprodução da MSD Saúde Aninal.

Eduardo Hoffmann prestigia Dênis Alves com o Touro de Ouro na Categoria Antimastítico


Carrapaticida

OURO FINO

“Os dois troféus da Ouro Fino conquistados nas categorias Carrapaticida e Mosquicida são resultado da identificação que o produtor rural tem com a empresa, por oferecermos produtos de confiança junto a serviços diferenciados. Mesmo durante o evento, as reações são unânimes: as pessoas definitivamente admiram a Ouro Fino”, comenta Priscila Câmara, analista de Marketing da Ouro Fino.

De Mônika Bergamaschi, Priscila Câmara recebe o Touro de Ouro na categoria Carrapaticida


Energéticos

VALLÉE

“Atribuo esse prêmio ao crédito que a Vallée possui juntamente ao pecuarista brasileiro, que realmente identifica o tanto que investimos em pesquisa e desenvolvimento de produtos que vão ao encontro dos anseios da pecuária nacional. Acho que o Touro de Ouro é uma iniciativa excelente, porque mostra ao pecuarista as empresas que estão se destacando no mercado, pois investem pesado, e, reconhecidamente, merecem o troféu que receberam”, diz Guilherme de Souza Gomes, gerente de Serviços Técnicos da Vallée.

Rodrigo Junqueira homanegeia Guilherme de Souza com o Touro de Ouro da categoria Energéticos


Mosquicida

OURO FINO

“Para nós é um orgulho muito grande participar dessa premiação da Revista AG, além de permanecer perto das grandes empresas do setor. Portanto, é uma honra para a Ouro Fino estar entre as empresas homenageadas. Nós atribuímos o prêmio a toda qualidade que a Ouro Fino tem em relação aos seus produtos, toda a nossa força de vendas e ao relacionamento com o cliente, que consideramos ser um importante diferencial”, avalia Priscila Câmara, da Ouro Fino.

Priscila Câmara é laureada por Francisco Vila na categoria Mosquicida


Vacinas

ZOETIS

“Muitas vezes prestigia-se o agronegócio como um todo e os segmentos de atuação dos produtos ficam esquecidos. Por isso, é muito importante quando uma revista homenageia setores específicos. Inclusive, acho muito interessante o título da publicação da Editora Centaurus que é AG – A Revista do Criador, mostrando que é realmente uma revista voltada à classe dos criadores de gado. Falando um pouco da área de vacinas, cujo Touro de Ouro vencemos por mais um ano, lançamos no ano passado a Cattle Master Gold, um produto de muito sucesso. Esta é a única vacina contra as doenças reprodutivas IBR e BVD que gera proteção fetal”, informa Elcio Inhe, da Zoetis.

Fábio Franco acolhe das mãos de Milson Pereira o Touro de Ouro na categoria Vacinas


Vacina de Aftosa

MERIAL

“Estamos investindo bastante na marca Ivomec porque acreditamos que ela tem muito a oferecer ao pecuarista brasileiro. E na outra categoria que fomos premiados, a Aftobov é destaque entre as vacinas contra febre aftosa. Em termos de vacinação antiaftosa, estamos investindo em uma nova fábrica, seguindo os padrões mundiais de tecnologia. Apenas na parte de fundação dessa planta foram investidos mais de R$ 65 milhões e tem muito a ser injetado, para que, em 2015, tenhamos uma nova fábrica oferecendo vacina para o mercado nacional”, pontua Alessandro Lima, gerente de Marketing da Merial Saúde Animal.

Alessandro Lima é agraciado com o Touro de Ouro da categoria Vacina de Aftosa por Eduardo Hoffmann


Dispositivos para IATF

ZOETIS

“Neste segmento de dispositivos, temos o produto líder da linha reprodutiva, que é o CIDR e, neste ano, fechamos um acordo de distribuição com a argentina Syntex, que nos dá direito de comercialização de dois dispositivos exclusivos. Acabamos sendo reconhecidos no Touro de Ouro por essa grande movimentação em termos de portfólio, não ficando apenas com produtos tradicionais, mas trazendo também uma gama de produtos inovadores para melhor atender as necessidades particulares do pecuarista. Em 2015, pretendemos continuar com esse mix de pesquisa, inovação e marketing da marca para destacar nossos diferenciais”, assinala Elcio Inhe, da Zoetis.

Fábio Franco recebe das mãos de Mônika Bergamaschi o Touro de Ouro da categoria Dispositivos para IATF


Vermífugo

MERIAL

A Merial tem uma preocupação muito grande com a proteção do rebanho, porque isso é fundamental para o Brasil continuar expandindo sua produtividade pecuária e exportando carne bovina para os outros países do mundo. O Touro de Ouro incentiva as empresas a investirem cada vez mais. O network que vocês promovem nesse prédio centenário da Sociedade Rural Brasileira é fantástico. E também é uma oportunidade para se encontrar quem faz acontecer nas empresas, discutindo novas parcerias para agregar valor ao pecuarista”, ressalta Alessandro Lima, da Merial Saúde Animal.

Rodrigo Junqueira repassa a Alessandro Lima o Touro de Ouro da categoria Vermífugo


Empresa de FIV/TE

BIOEMBRYO

O Touro de Ouro é um reconhecimento do mercado, motivado por nossa persistência, trabalho, dedicação, ou seja, uma série de valores intrínsecos. Investimos bastante no patrocínio de eventos de clientes pecuaristas, como dias de campo e leilões de gado, por exemplo. Acredito que precisamos investir mais na mídia impressa. Um prêmio como esse é muito importante, principalmente para quem é novo no segmento e precisa ter um norte como referência”, acredita Hitoshi Yamazaki, diretor da Bioembryo.

Hitoshi Yamazaki comemora o Touro de Ouro da categoria FIV-TE entregue por Milson Pereira


Estimuladores de Cio

MSD SAÚDE ANIMAL

“Na categoria Estimulador de Cio, a marca que foi mais lembrada foi o Ciosin, o primeiro fármaco para manipulação de ciclo estral no mundo e até hoje é reconhecida por sua ótima eficácia. É recomendada tanto para indução de cio e cura de infecções pós-parto quanto para os tratamentos de Inseminação Artificial em Tempo Fixo. É louvável a iniciativa da Revista AG, que já promove a sexta edição do Touro de Ouro. Vocês têm de continuar trabalhando com esse projeto, pois é um termômetro para a qualidade das marcas e indústrias, que ofertam serviços e produtos de qualidade”, relata Dênis Alves Antônio, da MSD Saúde Aninal.

Franscisco Vila concede o Touro de Ouro da categoria Estimuladores de Cio a Dênis Alves


Inseminação Artificial

ALTA GENETICS

“Ficamos extremamente felizes com o reconhecimento do criador que enxergou o nosso trabalho. E isso casa com a missão da empresa, que é ajudar o cliente a ganhar dinheiro. O nosso principal investimento não foi só em produto, mas também na equipe, com treinamento, profissionalização e atendimento diferenciado. O importante é continuar essa linha de trabalho, pois tudo o que fazemos é renovar para se adaptar às novidades. Todo dia precisamos inovar”, comemora Heverardo Rezende de Carvalho, diretor da Alta Genetics do Brasil.

Heverardo Rezende recebe de Eduardo Hoffmann o Touro de Ouro da categoria Inseminação Artificial


Assessoria Genética

FF VELOSO & DIMAS ROCHA

“Na área de genética, são incorporadas continuamente tecnologias que demandam suporte técnico. Na assessoria em leilões, somos demandados tanto por promotores, quanto por compradores que buscam orientação para aquisição de animais. Fazemos continuamente investimentos em informação e capacitação. Para manter o bom nível de atualização técnica, viajamos muito pelo Brasil e exterior. Para 2015, em genética, buscamos ampliar nosso trabalho para pecuaristas que fazem cruzamento industrial e, na assessoria de leilões, nos inserir mais nos programas de melhoramento genético e nas discussões dos critérios de seleção”, projeta Fernando Velloso, sócio-proprietário da FF Velloso & Dimas Rocha.

Dimas Rocha é contemplado por Mônica Bergamaschi na categoria Assessoria Genética


Leiloeira

PROGRAMA LEILÕES

“Este prêmio ratifica todo o trabalho desempenhado pela Programa Leilões. Além dos excelentes índices de comercialização e liquidez em nossos leilões, buscamos continuamente a melhoria de nossos processos. Nosso cuidado com os clientes vai desde uma boa negociação até um atendimento ágil e eficiente, tanto nos eventos como nas questões burocráticas do negócio. Ficamos muito felizes com o reconhecimento do mercado através do Prêmio Touro de Ouro, o que nos indica estarmos trilhando o caminho certo, podendo, assim, contribuir cada vez mais com o agronegócio nacional”, frisa Paulo Horto, proprietário da Programa Leilões.

Arley Ricardo recebe o Touro de Ouro na categoria Leiloeira de Rodrigo Junqueira


Leiloeiro

JOÃO ANTÔNIO GABRIEL

“Quero registrar minha eterna gratidão aos pecuaristas desse País, verdadeiros heróis anônimos, que, sem esmorecer, continuam a produzir riquezas para o nosso Brasil. São trinta e oito anos de trabalho como leiloeiro e o mais gratificante é ter nos amigos criadores, ao longo de todo esse tempo, a confiança necessária para intermediar a venda de seus produtos. Fico feliz pela indicação e partilho o prêmio com todos meus colegas de profissão. Precisamos sempre fazer tudo com extrema responsabilidade”, agradece João Gabriel.

Francisco Vila entrega a João Gabriel o Touro de Ouro na categoria Leiloeiro


Frigorífico

JBS

“A JBS tem se esforçado para estar mais próxima do pecuarista. Receber um prêmio no qual a grande maioria dos eleitores tem esse perfil indica que o trabalho está funcionando. A sustentabilidade é uma preocupação constante do frigorífico e, por isso, às vezes tendemos a ser mais rigorosos com o criador, mas não é porque a gente quer. É uma demanda da própria sociedade. Os consumidores exigem que os animais sejam bem tratados, que não sejam provenientes de áreas desmatadas ou de propriedades que pratiquem o trabalho análogo à escravidão ou autuadas pelo Ibama”, resume Alexandre Inácio, gerente de Comunicação do JBS.

Alexandre Inácio mostra o Touro de Ouro da categoria Frigorífico recebido das mãos de Milson Pereira


Arame

BELGO BEKAERT

“A Belgo é uma empresa com 93 anos de mercado brasileiro, sempre presente na vida e na mente do produtor rural, levando a ele soluções inovadoras e investindo sempre em tecnologia e na qualidade dos produtos e serviços. Esta combinação nos faz uma empresa do dia a dia do produtor rural. A iniciativa da Revista AG é louvável, pois torna público o reconhecimento das marcas premiadas e nos motiva a triplicar nossos esforços”, reconhece Gustavo Nogueira, gerente de Marketing da Belgo.

Eduardo Hoffmann contempla Gustavo de Paula com o Touro de Ouro na categoria Arame


Balança

TRU-TEST

“Seguimos para o próximo ano expandindo e desenvolvendo novos produtos no Brasil para atender cada vez melhor os produtores. Não é só pensar em uma grande oportunidade, mas também saber trabalhar com a extensão territorial e as dificuldades de logística que possui. Então, é combinar oportunidade e gestão para ter sucesso e oferecer para o cliente o melhor serviço”, pontua Luís Alberto Müller, diretor da Tru-Test Brasil.

Das mãos de Mônika Bergamaski, Luís Alberto Müller recebe o Touro de Ouro da categoria Balança


Brincos

ALLFLEX

“A Allflex dedica 100% de suas atividades para a identificação animal e nosso trabalho é pautado na qualidade e em superar a expectativa dos nossos clientes, sejam eles revendas agropecuárias, pecuaristas, associações de raças ou mercados oficiais. Ficamos extremamente felizes com o reconhecimento do mercado através do Troféu Touro de Ouro. Investimos anualmente um percentual relevante do faturamento na pesquisa e no desenvolvimento de novas tecnologias para identificação animal”, informa Ivo Martins, gerente de Vendas da Allflex Brasil.

Com Touro de Ouro da categoria Brincos, Rodrigo Junqueira condecora Ivo Martins


Cerca Elétrica

SPEEDRITE

“Acho a iniciativa da Revista AG em premiar as melhores empresas do agronegócio nacional muito importante. Aqui se encontram as empresas de expertise, que estão fazendo um trabalho diferenciado, visando bons resultados em prol da pecuária brasileira. A conquista do Touro de Ouro é um reconhecimento à adequação e à qualidade não só dos produtos, mas também da equipe e dos serviços prestados”, comenta Luís Alberto Müller, da Speedrite.

Francisco Vila entrega o Touro de Ouro a Luís Alberto Müller na categoria Cerca Elétrica


Cocho

PRÁTICO DE GARÇA

“No Prático de Garça, além de fornecermos um produto diferente e de fácil manejo, nós temos uma política de venda diferenciada. Somos a primeira indústria de cochos que comercializa o produto com garantia de recompra, seja com uso de dez ou 15 anos. Outro diferencial nosso é que para a cobertura do cocho estamos substituindo a madeira por ‘madeira plástica’, que é um produto feito a partir de resíduos (lixo reciclado), tornando o modelo ecológico. Hoje, 23% dos produtos já são produzidos dessa forma”, confidencia Aparecido Donizete Lopes, o Dinho, proprietário do Prático de Garça.

Aparecido Donisete - o Dinho - recebe o Touro de Ouro da categoria Cocho de Milson Pereira


Ordenhadeira

DE LAVAL

“Observamos que está ocorrendo uma mudança no setor leiteiro e a empresa está ajudando o produtor a se adaptar a essa nova realidade. Nosso objetivo é perpetuar a atividade leiteira, tornando-a muito mais prazerosa com a inclusão de tecnologia, não de equipamentos, mas também com preocupação à eficiência de sistema e à sustentabilidade, para que o produtor ganhe dinheiro e qualidade na gestão. A AG é uma revista que tem um destaque grande no setor, com matérias essenciais para orientação do produtor e esse prêmio é gratificante”, elogia Rafael Amaral, gerente nacional de Nutrição da De Laval.

Rafael Amaral é laureado com o Touro de Ouro da categoria Ordenhadeira por Eduardo Hoffmann


Herbicida

DOW AGROSCIENCES

“Acredito que esse prêmio é resultado da visão de negócio do pecuarista, que está cada vez mais voltado à produtividade, usando herbicidas que auxiliam nesse processo. Além disso, também atribuo mérito para nossa equipe de campo, bastante qualificada, levando nossas soluções, ferramentas e inovações para controlar as plantas indesejáveis presentes nas áreas de pastagem de cada região do país. Continuaremos a seguir nossa estratégia de oferecer soluções completas para aumento da produção”, projeta Felipe Daltro, gerente de Marketing Pastagem da Dow AgroSciences.

Felipe Daltro recebe o Touro de Ouro da categoria Herbicidas de Mônika Bergamaschi


Sementes de Pastagem

MATSUDA

“A Matsuda recebe pelo sexto ano consecutivo este prêmio do Touro de Ouro. Para nós, isso tem um valor imenso, é o resultado nosso trabalho. Somos uma empresa que realmente investe muito na área de pesquisa e trabalhamos no desenvolvimento e lançamento de diversas variedades, buscando uma maior produtividade do pasto. É isso que nós temos feito junto com nossos clientes e nossos parceiros. Nos últimos cincos anos também inauguramos cinco novas fábricas para segmentos que não só de sementes de pastagem”, comunica Helena Matsuda.

José Bonfim é agraciado com o Touro de Ouro por Rodrigo Junqueira na categoria Sementes de Pastagem


Seringa/Pistola

HÖPPNER

“A Höppner é uma empresa que possui 100 anos de história e sempre investiu em qualidade. Cerca de 5% de todo o faturamento nosso é destinado a esse objetivo. Sempre avalio o Touro de Ouro de forma positiva. Temos a certeza de que todas as pessoas que votam o fazem porque usam o produto. A Höppner tem conhecimento nacional e é muito bom ver nosso produto ainda se posicionando no topo do mercado”, analisa Paulo Roberto de Toledo, gerente Geral da Höppner.

Paulo Roberto acolhe das mãos de Francisco Vila o Touro de Ouro da categoria Seringa/Pistola


Tronco/Brete

COIMMA

“Nossos investimentos estão cada vez mais em recursos humanos e tecnologia de materiais e máquinas que nos ajudam a construir equipamentos eficientes ao mercado do agronegócio brasileiro, e, com isso, o reconhecimento do nosso cliente se torna iminente. Os pecuaristas buscam constantemente o aprimoramento e eficiência nos equipamentos que produzimos, trazendo segurança, agilidade e custo-benefício cada vez melhor. Temos alguns lançamentos importantes previsto para Agrishow 2015 na área de manejo e de pesagem”, adianta José Otacílio da Silveira, proprietário da Coimma.

Eduardo Pereira é reconhecido por Milson Pereira com o Touro de Ouro da categoria Tronco/Brete


Colhedora de Forragem

JF MÁQUINAS

“A JF se destaca no mercado devido à qualidade de seus produtos, que são desenvolvidos por profissionais capacitados e focados em produzirem máquinas que façam a diferença no campo. Esse prêmio é mais um reconhecimento do comprometimento desses profissionais em levar a solução para o produtor de uma maneira geral. A companhia tem investido bastante em maquinário, como centros de usinagem e máquinas de corte a laser, dentre outras que proporcionam maior precisão na fabricação das peças”, comenta Willian Augusto Joia, da JF Máquinas.

Celso Trevensoli comemora o Touro de Ouro recebido de Eduardo Hoffmann


Conjunto Fenação

NOGUEIRA

“Esse prêmio é muito importante, chega para coroar o trabalho realizado no ano inteiro. A linha de fenação da Nogueira é muito premiada no Brasil. Prova disso é que recebemos o Touro de Ouro da categoria pela sexta vez consecutiva. Já está faltando espaço na prateleira para tantos troféus. Apesar de termos ouvido muita gente reclamando do ano instável, com eleições presidenciais e Copa do Mundo, para Nogueira foi um ano excelente; creio que em virtude dos nossos produtos serem voltados tanto para a pecuária de leite quanto para a de corte”, resume André Latarini, analista de marketing da Nogueira.

André Latarini é homenageado com o Touro de Ouro da categoria Conjunto de Fenação


Distribuidor/Misturador de Silagem e Ração

CASALE

“A Casale tem em seu histórico uma busca incansável por melhores tecnologias e equipamentos de alta qualidade. Por outro lado, o criador reconhece o que há de melhor no mercado. Este prêmio confirma nosso objetivo e, a cada ano, procuramos atender e superar as expectativas dos pecuaristas, para que tenham um negócio sustentável e rentável. Fomos reconhecidos pela tecnologia empregada em nossos produtos, a competência da equipe e a parceria que temos com o produtor”, argumenta Erika Casale, responsável de Marketing da Casale.

Erika Casale fica com o Touro de Ouro entregue por Rodrigo Junqueira na categoria Distribuidor/Misturador de Silagem e Ração


Vagão Forrageiro

CASALE

“Nos últimos três anos foram investidos em torno de R$ 3 milhões em desenvolvimento de novos produtos e modernização do parque fabril, através de aquisição de novos ferramentais e equipamentos de última geração. Os investidores, criadores e pecuaristas buscam a todo momento informações sobre as inovações de mercado, que trazem credibilidade, redução de custos e rentabilidade ao seu negócio. E a Revista AG tem realizado este papel muito bem. A Casale continuará investindo em tecnologia e inovação”, conclui Erika Casale.

Auda Casale recebe das mãos de Francisco Vila o Touro de Ouro da categoria Vagão Forrageiro


Certificadora de Rastreabilidade

PLANEJAR

“Acreditamos ser o Touro de Ouro a garantia que estamos entregando ao nosso cliente um serviço de valor, no qual ele nos reconhece como algo importante para a sua produção pecuária, para o seu negócio. Ganhar o prêmio nos estimula a encarar com mais perseverança o desafio de levar o conceito de que a rastreabilidade é uma poderosa ferramenta de gestão, capaz de aumentar renda, produção e gerar lucro para os pecuaristas”, define Aécio Witchs Flores, CEO da Planejar.


Compuseram a mesa de cerimônia Francisco Vila, Mônika Bergamaschi, Eduardo Hoffmann, Rodrigo Jungueira e Milson Pereira