Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Touro de Ouro

 

PARELHO

Uma excelente definição para o Touro de Ouro 2013

Adilson Rodrigues e Bruno Santos

Diferente dos anos anteriores, a quinta edição do Touro de Ouro, um dos principais prêmios da pecuária brasileira, realizado pela Revista AG, em 5 de novembro, no centro da capital paulista, e que contou com apoio da Sociedade Rural Brasileira (SRB), refletiu um pouco do comportamento atípico do mercado neste ano. Com a cotação da arroba demorando a deslanchar e os pecuaristas segurando investimentos, as empresas tiveram de exercitar boas estratégias para assegurar seu marketing-share. Ressoou no prêmio, mais parelho e homogêneo em 2013. Desta vez não se viu uma ou outra empresa arrematando um grande montante de prêmios, como presenciado especialmente nas últimas duas edições. Pelo contrário, registrou-se uma distribuição pulverizada. A grande vencedora, por exemplo, levou três estatuetas, diferentemente das oito da companhia líder em 2011 ou das seis da de 2012. No 5º Touro de Ouro, teve muita empresa conquistando novas categorias, e, por um princípio básico de ação e reação, outras perdendo. Entretanto, sem tirar o brilho dos prêmios ainda remanescentes.

Quem se superou foi a Zoetis, antiga Pfizer, que se manteve estável e garantiu os mesmos três troféus do ano passado, mostrando que os pecuaristas assimilaram perfeitamente a mudança do nome da gigante norte-americana de saúde animal. Ação esta desencadeada para desvincular a identidade da unidade de medicamentos para saúde humana dos produtos veterinários. A Zoetis venceu nas categorias Antibiótico, Vacinas e Dispositivos para IATF, o suficiente para ficar à frente de DSM-Tortuga, Ouro Fino, Merial, MSD e Casale, essas com dois prêmios cada uma. Tortuga, que completou um ano de prefixo DSM em seu nome, deixou escapar o Touro de Ouro em Energéticos e conservou as categorias Sal Mineral e Proteinado. A maior campeã entre os cinco anos, com oito conquistas em uma única edição, a Ouro Fino ficou com Carrapaticida e Mosquicida, igualando 2012. Merial levou mais uma vez Vacina de Aftosa e Vermífugo, assim como a MSD garantiu Antimastítico e Estimuladores de Cio e Casale, Distribuidor/misturador de Silagem-Ração e Vagão Forrageiro.

Entre as mudanças importantes presenciadas, além da DSM-Tortuga, estão CRV Lagoa, que perdeu Assessoria Genética para FF Velloso & Dimas Rocha, especializada neste segmento; e Coimma, que deixou escapar Balanças para Trutest. Dentre as empresas que conheceram o gostinho da vitória pela primeira vez, destaque também para Bayer, garantindo Energéticos, antes da Tortuga; Prático de Garça, vencendo em Cocho, até então dos Currais Itabira; e Sulinox, beliscando Ordenhadeira, desbancando a não mais invencível De Laval. Vale ressaltar também a Belgo, que, apesar de ser campeã em muitas outras oportunidades, recuperou a estatueta perdida para a Gerdau no ano passado. Nas demais categorias, não houve mudanças, mesmo com a acirrada disputa pela liderança entre cases dos respectivos setores. E quem decidiu dessa maneira foram os leitores da Revista AG, da mesma forma que nos quatro anos anteriores. Como de praxe, uma carta-resposta foi encartada na edição de Agosto, além da possibilidade de votação pela Internet, no site da publicação e na Agronews da Editora Centaurus. No formulário, constavam apenas os nomes das 35 categorias e, para validação, o eleitor precisou votar no mínimo de dez categorias. "O Touro de Ouro reúne a nata da pecuária brasileira. Parabéns às empresas vencedoras e aquelas finalistas, pois juntas representam o que há de melhor no agribusiness brasileiro", destaca Eduardo Hoffmann, diretor-executivo da Revista AG, também ressaltando os esforços da revista na informação de qualidade.

"Sinto-me imbuído de corpo e alma ao Touro de Ouro, pois minha família vem de pecuaristas. É uma honra mostrar a modernidade e os avanços da pecuária, bem como superar os gargalos enfrentados pelos criadores. Foi um prazer têlos aqui, durante um momento em que comemoramos nosso primeiro centenário", disse Cesário Ramalho, que encerra mandato à frente da SRB, parceira do prêmio há quatro anos, após o discurso inaugural de Eduardo Hoffmann. Para Luiz Suplicy Haffers, vice-presidente e conselheiro da entidade, o dia foi de alegria, pois foi quando pessoas com uma crença exagerada se reuniram em um mesmo local. "A pecuária passa por uma fase de transição complicada, de ruptura de valores e desconfiança a novas propostas. Mas, não se iludam. São sempre os otimistas que vencem. O pessimismo é desculpa para não se fazer nada. Certamente, quem está reunido aqui, no dia de hoje, é porque merece", ressaltou Haffers, sabiamente. Encerrando o cerimonial, Bento Carvalho Mineiro, diretor do Núcleo Rural Jovem, da SRB, agradeceu a parceria da Revista AG. "É uma honra receber na SRB a nata do agronegócio brasileiro. A entidade tem tudo para continuar como uma plataforma de conhecimento do setor", concluiu o diretor. Vamos às premiações, agora agrupadas por segmento de atuação!


Aditivo para Núcleo, Suplemento e Ração

Premix - Campeã
Tortuga
Nutron
Supra
Matsuda

Jonas Fagundes, gerente de Marketing da Premix, recebe de Luiz Haffers o Touro de Ouro da categoria Aditivo Para Núcleo, Suplemento e Ração

Muitos anos se passaram, porém, o Fator Premium não sai de moda. Por isso, em Aditivo para Núcleo, Suplemento e Ração, a Premix venceu por mais um ano consecutivo. "Essa categoria do Touro de Ouro surgiu para confirmar tudo que a gente tem trabalhado ao longo dos anos em tecnologia para pecuária e alta produtividade. São 35 anos investindo em tecnologia e focando nos resultados", celebra Jonas Fagundes, gerente de Marketing da Premix. A companhia está concluindo o processo de otimização de recebimento de matéria-prima e prepara-se para um novo processo de modernização das fábricas.


Sal Mineral

Tortuga - Campeã
Azevedo Bento
Matsuda
Nutron
Premix
Bellman

Leandro Ferreira, coordenador de Marketing da DSM-Tortuga, é laureado com Touro de Ouro da categoria Sal Mineral por Cesário Ramalho

Pentacampeã, esse é o título da DSM-Tortuga no Touro de Ouro 2013. Hoje, quase sinônimo de Sal Mineral! A corporação manteve os dois troféus ganhos no ano passado. "A iniciativa da AG é fundamental, pois, além de a revista levar informação técnica aos produtores, o Touro de Ouro proporciona ainda mais visibilidade dos nossos produtos no mercado", elogia Leandro Ferreira, coordenador de Marketing da DSM-Tortuga.


Proteinado

Tortuga - Campeã
Bellman
Premix
Matsuda
Azevedo Bento

Leandro Ferreira, da DSM-Tortuga, volta ao palanque para receber das mãos de Bento Mineiro o Touro de Ouro na categoria Proteinado

Se venceu cinco vezes em Sal Mineral, o mesmo se viu no pentacampeonato da DSM-Tortuga em Proteinado, outra categoria que a, agora, multinacional não deixa escapar. "Agradecemos à Revista AG pelos prêmios e ficamos muitos felizes pelo reconhecimento. Investimos continuamente nos produtos e na tecnologia exclusiva dos Carbo-Amino-Fosfoquelatos, sempre focando no aumento da produtividade e no lucro do pecuarista", ressalta Leandro Ferreira, coordenador de Marketing da DSM-Tortuga


Ração

Supra - Campeã
Socil
Presence
Guabi
Nutron

Supra, de Guilherme Poerner, vence Touro de Ouro da categoria Ração por mais um ano consecutivo. Entregou Eduardo Hoffmann

Mesmo com as nuances de 2013, a categoria Ração permaneceu inalterada. Supra é a suprema campeã, reflexo de muito investimento nas plantas industriais. "É muito importante e uma grande satisfação essa premiação, porque mostra como o mercado entende a Supra, uma empresa que faz um trabalho muito sério e concluiu a construção da sétima unidade fabril, agora em Rio Claro/SP. No ano passado, também ampliamos as unidades de Esteio/RS, Maringá/PR e Anápolis/GO", anuncia Guilherme Poerner Neto, diretor da Supra.


Antibiótico

Zoetis - Campeã
MSD
Ouro Fino
Merial
Clarion

Luiz Haffers entrega Touro de Ouro da Categoria Antibiótico para Cristiano Anjo, Gerente Trade Marketing da Zoetis

Apresentando estabilidade, a Zoetis permaneceu com sua estatueta em Antibiótico, além de duas outras categorias, mostrando que o mercado assimilou bem a mudança de nome. "O prêmio de 2013 tem uma importância muito grande para a gente, pois é o primeiro ano que atuamos no mercado com o nome Zoetis. Ser finalista em sete categorias e vencer em três delas é um reconhecimento muito grande e importante, tanto pelo marketing como pelo trabalho que fazemos no campo de uma maneira geral", avalia Mauro Meneghetti, gerente da Linha Reprodutiva do Zoetis.


Antimastítico

MSD - Campeã
Zoetis
Ouro Fino
Merial
Eurofarma Pearson

Cesário Ramalho contempla Emerson Botelho, gerente de Produtos da MSD, com Touro de Ouro categoria Antimastítico

Antimastítico é uma categoria em que a MSD Saúde Animal consolidou a conquista de 2011. "Isso, para a empresa, é uma grande satisfação e certificação de um trabalho que vem desenvolvendo ao longo de muitos anos. Nós somos reconhecidamente uma empresa que investe forte em pesquisa e no desenvolvimento de produtos. Temos produtos que estão no mercado há mais de 40 anos", lembra Emerson Botelho, gerente de Produto Pecuária da Unidade de Ruminantes.


Carrapaticidas

Ouro Fino - Campeã
Merial
MSD
Novartis
Clarion

Ouro Fino mantém-se firme na categoria Carrapaticida. Cláudia Pacagnella recebe Touro de Ouro de Eduardo Hoffmann

Apesar da perda de espaço em outras categorias e de importantes moléculas disponíveis no mercado, Colosso comprova que é uma marca que não sai da cabeça do pecuarista e do tratamento no rebanho quando se trata de carrapaticida. "A Ouro Fino investe bastante neste mercado, inclusive, neste ano lançamos o Colosso FC 30 durante a Expointer. É o produto que melhor representa nossos investimentos nessa categoria. O produto já é recorde de vendas. É o que esperamos, levar solução a um problema tão grave como é o caso do carrapato", complementa Cláudia Pacagnella Schimidt, do departamento de Marketing da Ouro Fino.


Mosquicida

Ouro Fino - Campeã
Champion
Clarion
MSD
Merial
Zoetis

E também continua dominando a categoria Mosquicida. Dessa vez, Cláudia Pacagnella é laureada por Bento Mineiro

Em Mosquicida, a Ouro Fino mais uma vez se aproveita do sucesso de Colosso, garantindo à empresa domínio também nesta categoria. "Pra gente o Touro de Ouro é sempre uma honra. São duas categorias especiais. É o terceiro ano que somos contemplados e esse prêmio mostra o valor e dedicação dos clientes com os nossos produtos. Enfim, é uma alegria", declara Cláudia Pacagnella Schimidt, do departamento de Marketing da Ouro Fino.


Vacinas

Zoetis - Campeã
Merial
MSD
Vencofarma
Ouro Fino

Mauro Meneghetti, pela Zoetis, exibe o Touro de Ouro da categoria Vacinas, entregue por Luiz Haffers

Numa disputa sempre acirrada com a Merial, a Zoetis venceu Vacinas por mais um ano consecutivo. "A Zoetis é uma marca nova, mas tem o privilégio de ter produtos consagrados muito utilizados pelo pecuarista há muito tempo. Essa é a nossa maior força, pois nossos produtos entregam a qualidade que o criador espera e, por isso, somos lembrados pelos leitores da Revista AG", diz Mauro Meneghetti, gerente da Linha Reprodutiva da Zoetis.


Vacina para Aftosa

Merial - Campeã
Vallée
Biogénesis-Bagó
Ouro Fino
INOVA Biotecnologia

Cesário Ramalho passa Touro de Ouro da categoria Vacina Aftosa para Pablo Paiva, gerente de Produtos para Ruminantes da Merial

Vacina é uma categoria na qual a Merial mostra-se imbatível, atribuído ao pioneirismo no segmento. "Primeiramente gostaria de agradecer à Revista AG pela organização desse belíssimo evento. O prêmio é um reconhecimento de todo o trabalho feito por parte da nossa empresa, tanto dos funcionários internos quanto do pessoal da produção, equipes de campo e distribuidores, que elevam a qualidade de produtos já consagrados, mostrando que estamos no caminho certo", afirma Pablo Paiva, gerente de Produtos para Ruminantes da Merial.


Vermífugo

Merial - Campeã
Zoetis
Ouro Fino
MSD
Matsuda

Pablo Paiva retorna ao palanque para receber de Bento Mineiro o Touro de Ouro da categoria Vermífugo pela Merial

Da mesma forma, em Vermífugo, a Merial lidera a premiação ano a ano. Mas, o que dizer de um dos produtos mais utilizados no mundo todo? "É uma grande satisfação receber dois prêmios dessa envergadura. São grandes empresas participando e concorrendo nessa premiação e isso consagra o trabalho que desenvolvemos, mostrando que estamos contribuindo para o crescimento da pecuária. Em 2014, continuaremos investindo no aumento de produtividade do rebanho brasileiro", assinala Pablo Paiva, gerente de Produtos para Ruminantes da Merial.


Dispositivo para IATF

Zoetis - Campeã
Tecnopec / Agener União Saúde Animal
Biogénesis-Bagó
Ouro Fino
MSD

Zoetis é agraciada com a 3ª estatueta, agora em Dispositivos para IATF. Mauro Meneghetti é laureado por Eduardo Hoffmann

Além de Antibiótico e Vacinas, a Zoetis garantiu o terceiro Touro de Ouro do dia com Dispositivos para IATF, categoria a qual dominava, perdendo para Ouro Fino em 2011 e retomando em 2012 e 2013. Segundo Mauro Meneghetti, gerente da Linha Reprodutiva da Zoetis, eles ficaram felizes com todos os prêmios, mas a categoria Dispositivos para IATF foi especial. "É um mercado extremamente competitivo e de alguma forma estamos conseguindo manter uma liderança na lembrança de marca", observa.


Empresa de FIV/TE

Bioembryo - Campeã
Vitrogen
In Vitro Brasil
Cenatte
CRV Lagoa

Hitoshi Yamazaki comemora Touro de Ouro na categoria Empresa de FIV/TE, entregue por Luiz Haffers

"Somos tetracampeões e esse prêmio é muito importante porque nossa empresa prima pela qualidade e pelo resultado do cliente. E se estamos aqui novamente, significa que eles estão satisfeitos conosco nesse mercado onde surge tanta empresa boa", agradece Hitoshi Yamazaki, diretor da Bioembryo, vencedora da categoria Empresa de FIV e TE desde que ela foi inserida no Touro de Ouro, em 2010. A Bioembryo destaca os investimentos em Cuiabá, no Mato Grosso e em Castro, no Paraná, atendendo, nesta última cidade, a uma reivindicação dos pecuaristas de leite.


Estimulador de Cio

MSD - Campeã
Ouro Fino
Zoetis
Vallée
Merial

MSD ganha seu 2º prêmio, desta vez na categoria Estimuladores de Cio. Emerson Botelho é premiado por Cesário Ramalho

Estimuladores de Cio é outra categoria em que os investimentos da MSD Saúde Animal em pesquisa mostram resultados. "Como a premiação partiu de uma votação entre pecuaristas, pra nós é uma grande satisfação, um reconhecimento do trabalho realizado até o momento. Apostamos muito na pesquisa para o desenvolvimento de novas tecnologias ao produtor. O Touro de Ouro mostra que estamos no caminho certo", aponta Emerson Botelho, gerente de Produto Pecuária da Unidade de Ruminantes.


Empresa de Inseminação Artificial

CRV Lagoa - Campeã
Alta Genetics
Select Sires
ABS
CRI
C.O.R.T. Genética

Imbatível na categoria Empresa de Inseminação Artificial, o gerente de Marketing Fernando Avona, da CRV Lagoa, é contemplado pelas mãos de Bento Mineiro

A CRV Lagoa deixou escapar Assessoria Genética, mas garantiu o prêmio na qual possui expertise e sempre fica na briga pela liderança do mercado: Empresa de Inseminação Artificial. "No ano passado também fomos vencedores, mas toda vez que nós recebemos o Touro de Ouro ficamos contentes. Mostra que o trabalho feito com a marca vem sendo desenvolvido com propriedade e muita dedicação, sendo valorizado pelos nossos clientes. Esperamos que no ano que vem possamos recebê-lo novamente", destaca Fernando Avona, gerente de Marketing da CRV Lagoa.


Assessoria Genética

FF Velloso & Dimas Rocha Assessoria Agropecuária - Campeã
CRV Lagoa
CRI
Alta Genetics
C.O.R.T. Genética Brasil

Fernando Velloso, sócio-proprietário da FF Velloso & Dimas Rocha, exibe Touro de Ouro da categoria Assessoria Genética. Entregou Eduardo Hoffmann

Pela primeira vez, uma Assessoria Genética de ofício consegue vencer o lobby das centrais de inseminação artificial desde que a categoria foi criada. Quem conseguiu a façanha foi a FF Velloso & Dimas Rocha. De acordo com o sócio-proprietário Fernando Velloso, um fator importante desse resultado é que Assessoria Genética é um serviço e o pecuarista pode ou não optar por ele. Diferente de um produto, muitas vezes comprado por necessidade. Daí o peso da premiação. "Nossa função é orientar a questão da seleção de raça, cruzamentos ou acasalamentos. Também somos fortes na assessoria de leilões, tanto na parte de organizar o evento junto às leiloeiras quanto no suporte aos criadores, para fazerem aquisições corretas. Esse prêmio é gratificante, pois é o reconhecimento de um trabalho que fazemos há alguns anos", explica.


Certificadora de Rastreabilidade

Planejar - Campeã
Pantanal
Oxxen
Cert Rastro
WQS (Biorastro)

Planejar domina categoria Certificadora de Rastreabilidade. O diretor Aécio Flores acolhe Touro de Ouro das mãos de Luiz Haffers

"Esse prêmio é importante porque os clientes estão valorizando nossos serviços e isso nos dá uma motivação para trabalhar ainda mais para levar mais qualidade, tecnologia e inovação para eles. Por cinco anos seguidos, a gente ganha o Touro de Ouro de Certificadora de rastreabilidade. Esse é o fator motivador que o prêmio traz. E, para ficarmos mais próximos dos nossos clientes, estamos construindo uma nova plataforma, que ainda está em segredo, mas em breve todos saberão a origem verdadeira das carnes nas gôndolas dos supermercados", faz suspense o diretor da Planejar, Aécio Witchs Flores.


Empresa Leiloeira

Programa Leilões - Campeã
Trajano Silva
Estância Bahia
Embral
Leilopec

Invicta, Programa Leilões é Touro de Ouro na categoria Leiloeira. Carlos Nunes, gerente Comercial, é laureado por Cesário Ramalho

Em Empresa Leiloeira, a disputa é mais afunilada, mas a Programa Leilões carimba sua hegemonia no setor. "Entendemos que o reconhecimento do público da Revista AG, através da votação, ocorre em função de sermos uma empresa com mais de 40 anos de trabalho sério na prestação de serviço de comercialização de animais. O mercado valoriza o empenho e a dedicação que temos nos eventos e no relacionamento com os clientes", relata Carlos Nunes, gerente Comercial da Programa Leilões. Ele também agradece o trabalho da Revista AG, não só pelo Touro de Ouro, mas também pela contribuição prestada ao agronegócio brasileiro.


Leiloeiro

João Gabriel - Campeã
Marcelo Silva
Paulo Brasil
Fábio Crespo
Adriano Barbosa

O representante William Andrade recebe das mãos de Bento Mineiro o Touro de Ouro de João Gabriel, na categoria Leiloeiro

Não só em Leiloeira a empresa mais lembrada tem um nome. Quando o prestador de serviço é Leiloeiro, um nome vem mais à cabeça dos leitores do que os concorrentes. É João Gabriel. "Este importante e honroso troféu significa o mais alto reconhecimento a um profissional da área de pecuária. Gostaria de partilhá-lo com meus demais colegas e colaboradores. Muito obrigado por tudo", aponta João Gabriel, que vem rodando o Brasil de Norte a Sul para conduzir as vendas dos animais mais cobiçados do País.


Arame

Belgo - Campeã
Gerdau
Taura
Morlan

Eduardo Hoffmann concede Touro de Ouro na categoria Arame a Guilherme Vianna, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Belgo

"Essa lembrança dos leitores da AG é de fundamental importância para continuarmos crescendo no mercado. Trabalhamos há 94 anos com muita seriedade para que os consumidores tenham acesso a nossas marcas nas melhores revendas agropecuárias do Brasil. Nossos assistentes técnicos ficam permanentemente treinando equipes de cerqueiros, das agrorrevendas e informando ao consumidor", frisa Guilherme Rocha Vianna, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Belgo.


Balança

Tru-Test Group - Campeã
Coimma
Beckhauser
Toledo
Açôres

Tru-Test surpreende na categoria Balança. Ernesto Coser Netto, gerente Comercial, acolhe Touro de Ouro das mãos de Cesário Ramalho

A Tru-Test alcançou um feito histórico em Balança, ultrapassando a invicta Coimma na votação do Touro de Ouro. "A satisfação é ainda maior porque o segmento da pesquisa designa apenas 'balança'. Sabemos que o produtor tem diversos tipos de equipamentos na propriedade para caminhão, sacaria, ração, dispositivos eletrônicos ou mecânicos. Por este motivo, poderia lembrar de qualquer marca. A Tru-Test fabrica apenas balanças para pesagem de animais e, mesmo assim, fomos os vencedores", entende Ernesto Coser Netto, gerente Comercial da Tru-Test.


Brincos

Allflex - Campeã
Fockink
AnimallTAG
Agrobrinco
Walmur

Júlio Ribeiro, diretor da também invencível Allflex, recebe Touro de Ouro da categoria Brincos, de Luiz Haffers

Um dia o slogan da Allflex foi "ninguém é melhor por acaso". Soava pedante, todavia, não deixa de fazer sentido. A frase sumiu das peças publicitárias da empresa, mas, pelo visto, a filosofia continua. Mais uma vez não deu chance na categoria Brinco. "O Touro de Ouro premia não só quem está aqui no Brasil, mas toda nossa equipe de desenvolvimento que fica na França, para onde, inclusive, enviamos alguns dos prêmios já conquistados. É um motivo de orgulho para todo o quadro da Alfflex, que atende a mais de 54 países", divulga Júlio Ribeiro, diretor da Allflex Brasil.


Cerca Elétrica

Speedrite - Campeã
Walmur
Zebu
Cercanimal
Guachuka

Ernesto Coser Netto volta ao palanque para apanhar o Touro de Ouro da categoria Cerca Elétrica, vencida pela Speedrite. Eduardo Hoffmann entregou

É a terceira vez que a Tru-Test, que completa 20 anos de presença no Brasil em 2014, recebe o Touro de Ouro em Cerca Elétrica com a marca Speedrite, comprovando o reconhecimento do produtor e a eficácia do trabalho e dos produtos da empresa. "Somos líderes mundiais em cerca elétricas rurais e balanças eletrônicas para animais e atuamos em mais de 100 países. Conquistar esta honraria no Brasil é uma evolução natural e mostra que os brasileiros estão amadurecendo e reconhecendo a qualidade superior de nossos produtos", relembra Ernesto Coser Netto, gerente Comercial Tru-Test Brasil.


Cocho

Prático de Garça - Campeã
Currais Itabira
Unipac
Gavioli
Colpo & Corcini

Prático de Garça surpreende e fica com Touro de Ouro na categoria Cocho. O gerente Gabriel Kerbauy posa junto a Bento Mineiro

As surpresas não param, e, depois de "comer pelas bordas", o Prático de Garça abocanhou a preferência dos pecuaristas, com sua linha de cochos removíveis e produzidos com madeira certificada. "Ficamos firmes e sempre na luta, esperando a cada ano que passasse que no futuro conseguíssemos chegar lá. E aqui estamos! É uma vitória muito importante e serve de incentivo para melhorarmos sempre", comemora Gabriel Kerbauy, gerente de Marketing da Prático de Garça. O resultado também resulta de uma boa divulgação da empresa, com anúncios, parcerias e as famosas "varinhas", presentes nas principais exposições do Brasil.


Ordenhadeira

Sulinox - Campeã
DeLaval
GEA
Fockink
Eurolate

As surpresas não param. Sulinox, do diretor Geral Leandro Einsfeld, vence a categoria Ordenhadeira, entregue por Luiz Haffers

Outra empresa que se superou foi a Sulinox, ao desbancar a De Laval em Ordenhadeira. Para o diretor geral Leandro Einsfeld, o prêmio fecha 2013 com chave de ouro. "As pesquisas que fazemos dentro das fazendas têm sido um diferencial para que os usuários dos nossos produtos lembrem de nós como uma empresa mais próxima a eles. No momento, trabalhamos com a efetivação de alimentação para bezerra, um projeto novo que fornecemos através de um parceiro na Alemanha. Acreditamos que este produto, em 2014, será a grande busca do mercado. Também investimos numa linha completa voltada ao conforto animal", confessa Leandro Einsfeld.


Herbicida para Pastagem

Dow Agrosciences - Campeã
Monsanto
Arysta
Nufarm
Cheminova

Felipe Daltro, gerente de Marketing da Linha de Herbicidas da Dow Agrosciences, mostra o Touro de Ouro recebido de Cesário Ramalho

Outra empresa forte na premiação é a Dow Agrosciences, que mostra hegemonia na categoria Herbicida para Pastagem. "Esse prêmio tem uma relevância muito grande para a Dow. Ano após ano, aguardamos ansiosamente pelo evento, por ser uma empresa líder no segmento de herbicida para pastagens. Realmente, é uma missão termos de melhorar a cada ano a produtividade do pecuarista. Avalio essa iniciativa da revista de forma muito positiva. Os pecuaristas, na ponta, precisam receber informações de altíssimo nível", avalia Felipe Daltro, gerente de Marketing da Linha de Herbicidas da Dow Agrosciences.


Sementes de Pastagem

Matsuda - Campeã
SOESP
Gasparim
Facholi
Boi Gordo

Matsuda segue sem perder na categoria Sementes de Pastagem. Lucy Sammi recebe Touro de Ouro de Luiz Haffers

A vencedora da categoria Sementes de Pastagem aposta todas as fichas no mercado interno, pois sabe do espetacular potencial de crescimento da pecuária brasileira. Falamos da Matsuda, que repete os feitos de 2009 a 2012. "A Matsuda está na cabeça do produtor rural. Isso vem se repetindo há vários anos e esperamos que continue assim. É resultado de um grande esforço e um trabalho sério, que pensa cada vez mais na sustentabilidade", conclui José Luiz da Silva, relações públicas da Matsuda. Segundo ele, a empresa já se antecipa ao relatório da ONU que aponta os riscos do aquecimento global, especialmente à região de cerrado. "A Matsuda já pesquisa cultivares resistentes à grande seca que se anuncia", confessa.


Seringa/Pistola

Höppner - Campeã
Walmur
Servi
Triângulo
FC Faulhaber

Bento Mineiro entrega Touro de Ouro da categoria Seringa/Pistola para Paulo Roberto, da Höppner, que nunca perdeu

Um século de história faz a diferença na pecuária e no Touro de Ouro não é diferente. E por mais um ano a Aparelhos Veterinários Höppner carimba sucesso em mais uma edição. "Sempre avalio o Touro de Ouro de forma positiva. Temos a certeza de que todas as pessoas que votam o fazem porque usam o produto. A Höppner tem conhecimento nacional e é muito bom ver nosso produto ainda se posicionando no topo do mercado", analisa Paulo Roberto de Toledo, gerente Geral da Höppner.


Tronco/Brete

Coimma - Campeã
Romancini
Beckhauser
Valfran
Açôres

Coimma mantém a liderança na categoria Tronco/Brete. José Octacílio é homenageado por Eduardo Hoffmann

"Nós ficamos muito felizes de ser lembrados novamente. O fato de termos conquistado apenas Tronco/Brete não diminui a valorização da nossa empresa perante o pecuarista. Isso é natural. Em todos os tipos de premiação existem primeiro, segundo e terceiros lugares. Testemunhei neste ano que houve várias empresas novas que nunca ganharam", explica José Octacílio da Silveira, diretor Comercial da Coimma. Ele também notou que empresas que tinham vencido seis ou sete prêmios em anos anteriores levando somente dois troféus. "Faz parte, é o leitor da Revista AG quem vota. Vamos trabalhar para que no ano que vem vençamos as categorias da quais participamos", planeja.


Colhedora de Forragem

JF - Campeã
Nogueira
Menta Mit
Casale
John Deere

Touro de Ouro na categoria Colhedora de Forragem foi para a JF, do supervisor de Vendas Celso Trevensoli, que recebeu a láurea de Luiz Haffers

Novamente, a JF Máquinas Agrícolas fica com a categoria Colhedora de Forragem, mostrando estar atenta à tendência da pecuária intensiva. "É o nosso segundo prêmio consecutivo. É sempre gratificante pra gente ver o reconhecimento do público consumidor aos nossos produtos em uma premiação desse nível, até pela importância da própria revista. Reflete todo o investimento aplicado no período", deduz Celso Trevensoli, supervisor de Vendas da JF Máquinas.


Conjunto de Fenação

Nogueira - Campeã
John Deere
New Holland
Stabra
Kuhn

André Latarini acolhe para a Nogueira o Touro de Ouro na categoria Conjunto Fenação, concedido por Cesário Ramalho

A Nogueira também capitaliza láureas e mostra porque é uma empresa tope de linha, especialmente quando se trata de Conjunto Fenação. "A Nogueira vem acumulando prêmios, principalmente nesta linha de fenação, uma área na qual estamos investindo bastante. O Touro de Ouro só vem a consolidar todo trabalho efetuado por nós nesse segmento. É um prêmio conceituado", elogia André Latarini, diretor da Nogueira.


Distribuidor/Misturador para silagem/ração

Casale - Campeã
Siltomac
Ipacol
Kuhn
JF

Erika Casale recebe de Luiz Haffers o Touro de Ouro da categoria Distribuidor/Misturador de Silagem-Ração, que continua com a Casale

Nesta categoria, a Casale reina absoluta desde o primeiro Touro de Ouro. "Gostaria de agradecer a todos que votaram na gente. A Revista AG faz um excelente trabalho e tenho certeza que tudo é feito de forma correta e honesta, já que há vários anos ganhamos esse prêmio. É o conhecimento que a Casale precisa para manter os resultados. Para isso, sempre estamos lançando novidades, principalmente na área de misturadores, de olho nas necessidades o produtor precisa", aposta Erika Casale, representante da Casale.


Vagão Forrageiro

Casale - Campeã
Nogueira
JF
Kuhn
Siltomac

Eduardo Hoffmann entrega a Erika Casale o Touro de Ouro na categoria Vagão Forrageiro, conquistado pela Casale

Encerrando as premiações, mais uma estatueta foi para a Casale, como acontece há cinco anos. "Esse prêmio mostra que estamos em sintonia com o produtor. Nós pensando neles e eles em nós na votação. Prova disso foi um dos nossos destaques deste ano, a Rotormix Mini, idealizado pelos pequenos produtores. Nossos equipamentos sempre foram reconhecidos pelos grandes pecuaristas e, agora, já estamos firmes também juntos aos pequenos produtores. Para 2014, estamos bem empenhados na campanha dos 50 anos da companhia a ser completados em março do ano que vem", informa Erika Casale, representante da Casale.


Energético

Bayer
Vitafort (Aminofort) / Calbos (Bovifort)
Hertape Calier
Vallée
Dispec

A ansiedade para saber quem seria a campeã da categoria Energético foi grande. Ouro Fino, Tortuga e MSD já levaram essa raça em anos anteriores. Entretanto, não foi dessa vez. O Troféu Touro de Ouro 2013 ficou com a Bayer, que inaugurou sua entrada no hall da fama dos leitores da Revista AG.


Frigorífico

JBS - Campeã
Marfrig
Minerva
BRF
Silva

Conforme sugere a campanha publicitária que vem gerando polêmica na televisão aberta, carne de qualidade tem nome (e o abate também). Pelo menos, na percepção dos pecuaristas-assinantes que votaram no Touro de Ouro 2013. E é a JBS.

Premiados no Touro de Ouro 2013 exibem suas especiais conquistas

Eduardo Hoffmann enaltece qualidade do público presente

Por mais um ano, Sociedade Rural Brasileira recebeu a nata das empresas de pecuária

Bento Mineiro, Eduardo Hoffmann, Cesário Ramalho e Luiz Haffers compuseram a mesa de cerimônia