Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Na Pista

Promessa de uma Feileite maior

Faturamento dos leilões da mostra cresce 50%

A 5ª Feira Internacional da Cadeia Produtiva do Leite (Feileite), realizada de 31 de outubro a 4 de novembro, no Centro de Exposição Imigrantes, em São Paulo/SP, recebeu 25 mil visitantes em cinco dias, 3 mil a mais que em 2010, e o número de empresas aumentou 25%, assim como os leilões, de seis para nove. Além disso, o evento reuniu 2.600 animais das raças Gir Leiteiro, Girolando, Guzerá, Simental, Jersey, Holandês, além de Búfalos. Na edição anterior, foram 2.200.

De acordo com Décio Ribeiro, diretor do Agrocentro, empresa organizadora do evento, o sucesso da Feileite 2011 reflete o aquecimento do mercado leiteiro e, também, como as indústrias estão desenvolvendo cada vez mais tecnologias de ponta para o setor. Destacou, ainda, o compromisso dos criadores em melhorar os rebanhos, atingindo níveis genéticos que não ficam atrás dos grandes produtores mundiais. “Os melhores animais e a melhor tecnologia para pecuária nos trópicos estão no Brasil e, claro, passam pela Feileite”, diz.

Prova disso, acrescenta, é que para a edição de 2012, o Agrocentro pretende ampliar a feira. “Atualmente, ela ocupa somente a metade do grande pavilhão do Centro de Exposições Imigrantes. Ano que vem, a pedido dos expositores e, tendo em vista que várias empresas nos procuraram já interessadas na 6ª Feileite, vamos ocupar todos os 50 mil metros quadrados da área”, antecipa.

Leilões

Os nove leilões promovidos durante a Feileite 2011 faturaram R$ 5,3 milhões. O resultado aponta para um crescimento de 50% comparado a 2010, quando a renda dos seis leilões alcançou R$ 3,5 milhões. O 1º Genética da Capital – Girolando, ocorrido no primeiro dia da feira, vendeu 27 fêmeas jovens premiadas por R$ 347.280 e alcançou média de R$12.862.

No mesmo dia, o 2º Noite das Campeãs do Gir Leiteiro comercializou 20 lotes por R$ 358.640,00, com média de R$ 17.359. O 5º Leilão Estância Silvania & Convidados - 49 Anos de Seleção, de Gir Leiteiro, promovido por Eduardo Falcão, em 1º de novembro, vendeu prenhezes e animais, somando R$ 866.000, com média de R$ 30.069 para os 28 lotes oferecidos.

Ainda no dia 2 de novembro, com uma oferta enxuta, o Leilão Gir Leiteiro Cinco Estrelas comercializou genética dos criatórios Gir Veredas, Fazendas do Basa, Fazenda Brasília, Fazenda Calciolândia e Gir Mutum Girolando. Ao todo, foram 16 lotes por R$ 1.043.000 - média de R$ 67.290. Destaque para 50% da propriedade da fêmea de 26 meses, Profana FIV Veredas, oferta de Francisco das Chagas, da Fazenda Vista Alegre, arrematada por Adonias Souza Santos, do Gir Veredas, por R$ 426.000.

No dia seguinte, o 2º Estrelas do Jersey comercializou lotes selecionados e premiados durante a Exposição Nacional da raça, realizada na Feileite. Ao todo, os 24 lotes renderam R$ 173.280. Também no dia 3 de novembro, o 3º Mulheres do Gir Leiteiro faturou R$ 1.017.600 com a venda de 30 lotes. A média foi de R$ 34.506.

Em 4 de novembro, encerrando a agenda de leilões, ocorreram dois pregões. O 2º Estrelas Nacionais da Raça Holandesa negociou 27 animais a R$ 307.920, com média de 11.404. Já o Made in Brazil, ofereceu 25 lotes dos rebanhos de Miller Cresta de Melo e Silva, Fazenda Ribeirão Grande; e Paulo Ricardo Maximiano, Fazenda Córrego Branco. Renda de R$ 685.920 e média de R$ 27.436.

Além dos remates, Gir Leiteiro, Girolando, Guzerá, Holandês (Preto e Branco e Vermelho e Branco), Jersey e Simental passaram pelas pistas da Feileite, que mais uma vez sediou a entrega do Troféu Balde de Ouro, que homenageou os produtores que possuem grande representatividade no cenário nacional.

Torneios Leiteiros

Quatro raças participaram da competição. E, pela primeira vez, a raça Girolando realizou um concurso leiteiro na mostra paulista. A ¾, sangue Girolando Germina Benta, propriedade de Bernardo Garcia de Araújo Jorge, sagrou-se Grande Campeã, com média diária de 78,397 kg de leite.

A vaca Gir Leiteiro Hassia FIV F. Mutum, propriedade de Léo Machado Ferreira, foi a Grande Campeã do Gir Leiteiro, com a média diária de 48,390 quilos de leite. No Jersey, destaque para Gema Estância Bagagem Action, pertencente a Cabanha da Maya, que liderou o concurso com 150 pontos. Nesta raça, prevaleceu a pontuação.

Já no Simental, quem levou a melhor foi Ivana da Batatais, do criador José Henrique Aleixo. Ela produziu 63.310 kg de leite. Holandês não teve os resultados divulgados pelo Agrocentro.