A Granja do Ano – 33 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaques - Cooperativismo

COOPERAÇÃO mensurada em bilhões

Coamo prevê uma receita superior a R$ 12 bilhões em 2016, fruto do trabalho de funcionários e mais de 28 mil associados


A Granja do Ano — Qual sua avaliação da produção, produtividade e rentabilidade do associado da Coamo na safra 2015/16?

Aroldo Galassini — No ano passado, tivemos uma boa safra em volume, produtividade do cooperado e de bons preços também. Essa situação de bons preços vem de uns três, quatro anos. Os preços têm sido bons. O reflexo disso foi que os cooperados se capitalizaram bem e a cooperativa também aumentou o faturamento, e tivemos um bom retorno aos cooperados. Então, foi um ano muito bom. O clima foi normal. De modo geral, não tivemos nenhum problema nas lavouras de verão de soja e milho. Tivemos um bom ano e um bom resultado.

E nesse período, quais foram as principais conquistas da Coamo?

Tivemos muitos investimentos. Foram criados alguns entrepostos e, principalmente, ampliações e modernizações de outros, melhorias de modo geral. Sempre com o objetivo de aumentar a velocidade de recebimento dos cooperados, evitando filas. E o grande acontecimento foi o moinho de trigo, um investimento de R$ 100 milhões com capacidade para produção de 500 toneladas/dia, e em quatro meses atingimos a total capacidade de produção. Conseguimos rapidamente atingir a capacidade dele. Foi um investimento bom e deu resultados, e ajudou muito o cooperado com o preço do produto. Em termos industriais, o moinho de trigo foi o grande investimento.

E quais as metas, o planejamento da Coamo para o restante de 2016 e para os próximos anos?

Nós fizemos um plano para quatro anos de um investimento de R$ 1 bilhão, aprovado em assembleia. São três nov...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante desta revista, clique Aqui e Assine Agora!