A Granja do Ano – 33 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Frango

 

Sufocado pelos insumos

O segmento de avicultura tem sofrido muito pelo incremento dos custos, sobretudo pelo aumento da cotação do milho, componente importante na alimentação. O alívio vem das exportações

Jorge Correa

Os produtores de aves enfrentaram problemas com os insumos no primeiro semestre. O preço do milho deu saltos e alcançou patamares superiores a R$ 60 a saca. Para o presidente da Associação Brasileira de Produção Animal (ABPA), Francisco Turra, “foi uma tempestade quase perfeita”. Empresas anunciaram suspensão de turnos e outras fecharam unidades ou suspenderam contratos de arrendamento. Apesar disso, segundo o dirigente, o setor esforçase para evitar demissões. Diante desse contexto, a ABPA – por meio de suas análises periódicas junto às agroindústrias associadas – observou uma importante redução dos níveis de alojamento de pintinhos. Mantidos esses patamares, a expectativa de Turra é que os volumes de produção de carne caiam para cerca de 13 milhões de toneladas, 4% a menos em relação à expectativa inicial do ano, que era de 13,5 milhões de toneladas.

Um alento nesse cenário é o incremento das exportações. As novas projeções da ABPA indicam que os volumes embarcados de carne de frango devam crescer 8% em 2016 em relação ao total exportado em 2015. Há grande expectativa com a manutenção das vendas para a China (consolidada como segundo maior mercado importador de carne de frango do Brasil), além do bom ritmo dos embarques para o Oriente Médio e a outros países da Ásia, como Japão e Coreia do Sul.

O primeiro semestre foi um indicativo disso. De janeiro a junho, o segmento exportou o volume de 2,228 milhões de toneladas, crescimento de 14,1% em relação a igual período do ano passado. Em termos de receita, houve recuo de 1%, com o montante cai...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante desta revista, clique Aqui e Assine Agora!