Especial

 

O Brasil deve muita gratidão ao GRÃO dourado da soja

A agricultura e também a economia deste País estariam em situações muito difíceis não fosse a cultura oleaginosa que movimenta, conforme a perspectiva analisada, milhares, milhões e bilhões

Leandro Mariani Mittmann leandro@agranja.com

Não tem como falar de soja sem enfileirar números, cifras e cifrões, estatísticas, dados, somas, multiplicações, porcentagens. O Brasil que começa 2017 atordoado pelas notícias ruins em relação à economia e, sobretudo, à política (aos políticos, na verdade), acostumou-se há muito tempo – mais precisamente, há muitas safras – a celebrar as conquistas de uma planta chamada nos meios científicos como Glycine Max, e no cotidiano de Sul a Centro-Oeste, dos acrônimos Matopiba a Sealba, mais conhecida como soja, que já foi “feijão-soja” quando aportou no Rio Grande do Sul. A soja chegou desimportante e galgou degraus e hectares até atingir os patamares de milhares (de produtores), milhões (de hectares, toneladas) e bilhões (de reais em insumos, exportações). Nas páginas a seguir, um pouco do mundo da soja no Brasil e no planeta, uma homenagem – mais que merecida – que A Granja dedica a esse grão dourado para comemorar seu 72º aniversário.

Os números são de impressionar, sim, e estão dispostos em várias abordagens, desde o que essa cultura movimenta em área (no Brasil e em outros países), produção, insumos, maquinário, exportações (atenção aos negócios da China), onde é produzida e assim por diante. Mas soja também é, sobretudo, uma cultura que envolve seres humanos. Sim, a soja e a dimensão que ela atingiu na agricultura e na economia deste País são resultado do empenho de muita gente. São gerações inteiras que tiveram na soja um autêntico integrante da família. Algun...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!


Warning: getimagesize(/revistas/agranja/imagens/id_437/especial_1.jpg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/a/fb/47/edcentaurus/public_html/edcentaurus/application/controllers/AgranjaController.php on line 422