Brasil de A a Z

Pecuarista, é fundamental ser um bom “agricultor” de capim

William Koury Filho é zootecnista, mestre e doutor em Produção Animal, jurado de pista de Angus a Zebu e proprietário da Brasil com Z® – Zootecnia Tropical

Amigos da lida, depois de dois anos de seca que castigou boa parte do Brasil agropecuário, as chuvas melhoraram de uma maneira geral, embora, em algumas regiões, continuem irregulares. Para atrapalhar ainda mais o consumo de carnes, que devido ao cenário econômico do País não anda bem, estoura a operação da Polícia Federal denominada “Carne Fraca”, que investiga fraudes envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura e empresas que processam proteína animal.

A notícia toma proporções globais, a mídia supervaloriza o tema, não esclarece que é uma pequena minoria atuando de forma irregular, e assim teremos que dar explicações para muita gente, tanto no mercado interno como externo – vale ressaltar que os produtos sob suspeita são basicamente embutidos que nada têm a ver com a carne in natura que utilizamos nos churrascos de comemoração ou no bife do dia a dia. Tenho convicção de que o Brasil pode e deve reverter esse fato inicialmente negativo, se punir de maneira exemplar todos os condenados por falcatruas e divulgar para o brasileiro e para o mundo a força da cadeia produtiva da proteína animal do País. Pelos números divulgados, o percentual de indústrias e agentes da fiscalização é ínfimo em relação ao todo, ou seja, a grande maioria faz o certo, e com altos padrões de qualidade, e mesmo assim investigamos, punimos e vamos chegar a patamares ainda melhores do que os atuais. Já pensou que bonito seria transformar um fato negativo em oportunidade para uma campanha que mostre o tamanho e o profissionalismo do segmento pecuário no Brasil? O fato é que sempre aparecerão fatores externo...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!