Expointer

 

Show de genética

Apesar da queda na venda de animais, feira realizada em Esteio/RS valorizou o trabalho de qualificação do rebanho brasileiro

Uma das mais tradicionais exposições agropecuárias do País, a 39ª Expointer foi realizada entre os dias 27 de agosto e 4 de setembro, no Parque Assis Brasil, em Esteio/RS. Os resultados financeiros da feira foram considerados de superação econômica pelo Governo do Rio Grande do Sul, que é promotor do evento.

No total, os negócios tiveram incremento de 12,5% em comparação com o ano passado, chegando a R$ 1,923 bilhão. A venda de máquinas agrícolas contabilizou R$ 1,909 bilhão. A comercialização de animais somou R$ 11,775 milhões, volume 24,9% abaixo da receita obtida em 2015.

O presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Francisco Schardong, diz que, apesar da queda na venda de animais, há uma projeção positiva para os remates de primavera, quando os criadores buscam a qualificação dos rebanhos. “A compra de reprodutores por outros estados gera uma expectativa bastante positiva, principalmente para os cruzamentos que vêm sendo realizados no Centro- -Oeste”, avalia.

A qualidade da carne produzida a partir da genética gaúcha foi ressaltada pelo vice-presidente da Farsul, Gedeão Pereira. “O Brasil está nos enxergando com olhar diferenciado, especialmente os maiores mercados de carne gourmet, com destaque para São Paulo”, considera.

A Expointer 2016 recebeu a inscrição de 4.285 animais. O número ficou abaixo do registrado no ano passado, quando a feira contou com a presença de 4.758 exemplares. Criadores alegaram, entre outros motivos, o alto custo para participar da exposição, a longa duração da feira e a dificuldade de encontrar mão de obra para cuidar dos animais durante o eve...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!