Escolha do Leitor

 

Manejo pré-parto

Vacas boas bem criadas produzem excelentes terneiros

Marcelo Valente Selistre*

Para tratar do manejo pré-parto da vaca de corte, é válido começar com um conceito bem básico: todo o criador deve ter a informação clara de que a função da vaca é produzir um bom terneiro por ano. A vaca de cria deve se manter gorda, bonita e saudável sempre, os doze meses do ano. Quem consegue isso, certamente, tem uma pecuária altamente produtiva, em quantidade e qualidade.

Primeiramente, falamos no aspecto sanitário, que é básico, mas imprescindível. Um bom planejamento sanitário é fundamental para manter a saúde da vaca. É necessário um excelente controle de endo e ectoparasitas; do contrário, as perdas serão inestimáveis. Parasitas roubam-nos preciosos quilos. Quando conhecemos uma região livre de carrapato, por exemplo, encontramos animais com aspecto saudável, com melhor desenvolvimento. É impressionante a diferença. Aqui, vale reforçar o controle da Tristeza Parasitária Bovina, proveniente do carrapato, que causa aborto e é uma das maiores causas de morte em bovinos.

Ainda sobre sanidade, precisamos nos preocupar, principalmente, com as doenças diretamente ligadas à reprodução, como a IBR e BVD, que trazem perdas no início da gestação, mas podem se manifestar a qualquer momento. Porém, a enfermidade mais preocupante no final da gestação é a Leptospirose, que se revela através do aborto, especialmente no terço final da gestação. Essas enfermidades devem ser controladas através de um calendário de vacinação, que, normalmente, para vacas adultas, uma dose anual é suficiente, sendo que em regiões mais endêmicas são necessárias mais aplicações. A melhor recomendação é falar com um veterinário capacitado nesse assunto. A Brucelose é outra doença reprodutiva...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!