Agro Giro

Consumir mais carne diminui aquecimento global

As conclusões são de uma tese defendida pelo matemático Rafael de Oliveira Filho, da Unicamp/SP. A explicação é a seguinte: maior demanda por carne bovina resultaria em incentivo para aumento da produção e melhoria das pastagens. Foi estimado que um aumento de 30% na demanda de carne até 2030 poderia reduzir em 10% as emissões de dióxido de carbano.

IZ investe em sustentabilidade

Segundo o Instituto de Zootecnia (IZ) de São Paulo, uma das principais ações a serem desenvolvidas é a implantação das unidades de referência tecnológica da Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF) nos municípios de Nova Odessa e Sertãozinho para atender as demandas de mercado. Outro ponto é a difusão de genética, por meio dos programas de melhoramento de bovinos de corte e leite.

Brasil pode ter novo pico de retenção de matrizes

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que nos três primeiros trimestres de 2015 a participação das fêmeas nos abates bovinos no Brasil foi de 40,8%. O número, de acordo com os especialistas, é semelhante ao do ano de 2008, que foi seguido por forte retenção (29,5%), o que deve gerar um novo pico de retenção de matrizes.

ABA, CNA e ABCZ posicionam-se contra taxação

A Associação Brasileira de Angus vem a público manifestar repúdio a qualquer medida de ajuste fiscal que venha a retirar a competitividade do agronegócio brasileiro, em especial à suposta articulação para taxação das exportações de carne bovina pelo governo federal. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil também divulgou comunicado contra a medida, assim como a Associação Brasileira de Criadores de Zebu.

Embrapa lança manual de ginecologia e ultrassonografia

A Embrapa Rondônia, em parceria com a Universidade do Estado de Santa Catarina, lança o livro Ginecologia e ultrassonografia reprodutiva em bovinos. Trata-se de um manual prático, de consulta rápida e fácil leitura, que pode auxiliar na condução adequada da avaliação reprodutiva. Em breve, essa obra estará disponível para a venda na Livraria da Embrapa, no endereço www.embrapa. br/livraria.

MATO GROSSO CRIA O IMAC

O Governador de Mato Grosso sancionou a Lei nº 10.370/2016, que cria o Instituto Mato- grossense da Carne (Imac). Com isso, o estado detentor do maior rebanho bovino do País, com 29,2 milhões de animais, será o primeiro a ter um instituto que irá promover a carne bovina, contar com um selo para atestar a qualidade do produto e reunir os principais representantes da cadeia produtiva, de pecuaristas a varejistas.


Errata

Na matéria sobre o Touro de Ouro, publicada em dezembro de 2015 no Guia do Criador, na categoria Seringa/ Pistola, o representante da Höppner Aparelhos Veterinários mencionado na foto da página 74 é, na verdade, Luiz Antonio Trevellin Neto, gerente Nacional de Vendas da empresa, e não o diretor Roberto Fontana, como publicado.