Falou

 

Gigante brasileiro

O presidente Jorge Matsuda fala a respeito do grande investimento do Grupo Matsuda no País

“Somente nos últimos anos, o Grupo Matsuda ampliou o parque fabril com três unidades”

Revista AG – Como foi o ano de 2014 para o Grupo Matsuda?
Jorge Matsuda -
A história do Grupo Matsuda é longa e rica. Tudo devido a muito planejamento, trabalho, esforço e dedicação de muita gente. O ano que passou foi de aprendizado. Embora o País tenha batido recordes de exportação de carne bovina e o agronegócio tenha contribuído para a manutenção de nosso PIB, tivemos de nos manter atentos e aprender com os rumos que a economia tomou. Sabíamos que tínhamos de nos poupar para enfrentar o que viria pela frente. O Grupo Matsuda continua com seu trabalho e compromisso com a qualidade. Assim, estaremos superando mais e mais obstáculos. O Grupo Matsuda sempre acreditou e acreditará neste país grandioso.

Revista AG – Detentora de um extenso portfólio de produtos para suplementação animal para bovinos de corte e leite, quais o Grupo Matsuda destaca como carros-chefes?
Jorge Matsuda -
Disponibilizamos aos produtores rurais uma gama de 120 produtos formulados para atender cada realidade e nível de produção, seja qual for a categoria animal e o nível genético e tecnológico do rebanho. É crescente a demanda do mercado mundial por carne de qualidade a pasto. Nesse sentido, o portfólio do Grupo Matsuda contempla suplementos minerais, energéticos e proteicos para bovinos de corte, leite, equinos, ovinos, caprinos e bubalinos. São formulações que atendem desde a cria, recria, engorda, confinamento e creep-feeding.

Revista AG – Aliás, a busca pela suplementação animal é o caminho economicamente viável aos criadores para atenderem as demandas cada vez mais exigentes pela qualidade da carne brasileira?
Jorge Matsuda -
Não há como possuir rentabilidade em pecuária, seja de corte ou de leite, sem a adoção de tecnologias modernas, tecnologicamente corretas e eficientes, que promovam a eficiência zootécnica do rebanho e, assim, a viabilidade econômica. O conceito de suplementação mineral visa, por definição, adicionar à dieta de pasto dos animais os minerais deficientes nas forrageiras, seja na seca, seja nas águas.

Revista AG – A Matsuda Equipamentos inaugurou uma microusina de energia solar. Essa energia seria para comercialização ou para alimentação de alguma planta?
Jorge Matsuda -
A microusina de energia solar fotovoltaica é a primeira desse porte da região de Presidente Prudente, inicialmente para atender as necessidades de energia da planta de equipamentos, respondendo por 40% da demanda total de energia. Esse é mais um novo produto da Matsuda que poderá atender as necessidades das fazendas ou abastecer as propriedades urbanas.

Revista AG – A companhia tem mais de 35 anos de dedicação à produção e à comercialização de sementes forrageiras. O que podemos esperar de inovação nesse setor?
Jorge Matsuda -
Hoje, disponibiliza 15 variedades de sementes de gramíneas e 14 de leguminosas, além das sementes incrustadas, com as quais fomos pioneiros. Já realizamos o lançamento comercial de forrageiras como a MG-4 dictyoneura, o amendoim-forrageiro perene, o capim- -elefante Paraíso, a MG-5 Vitória, os capins híbridos Áries e Atlas e a leguminosa forrageira Java. Agora, também depois de muita pesquisa, apresentamos dois novos cultivares: Panicum Maximum MG12 Paredão e a Brachiaria brizantha MG13 Braúna.

Revista AG – Sobre a divisão de equipamentos da companhia, como está o feed back dos clientes?
Jorge Matsuda -
O retorno e a satisfação de nossos clientes estão em ótimos níveis. Especialmente com os recentes lançamentos da Matsuda Equipamentos, a semeadeira e o conjunto destinado à silagem. A Semeadeira Show foi desenvolvida exclusivamente para semear, com precisão, incrustadas, puras, com polímeros e sementes convencionais. A Matsuda Equipamentos foi pioneira nesse desenvolvimento. O Silo Fácil Salsichão Matsuda respeita os princípios básicos para bem preparar a ensilagem e inocula 100% da matéria a ser armazenada.

Revista AG – Como resumiria as conquistas do Grupo Matsuda nos últimos cinco anos?
Jorge Matsuda -
O Grupo Matsuda vem atuando em sete segmentos: Sementes para Pastagem, Nutrição Animal, Equipamentos Agrícolas, Saúde Animal, Inoculantes para Silagem, Rações para Peixes e Alimentos Pet. No primeiro, a empresa é líder no mercado mundial na produção e comercialização. Além disso, somente nos últimos cinco anos, o Grupo Matsuda ampliou o parque fabril com mais três unidades, em Goianira/GO, Imperatriz/ MA e a nova fábrica para produtos pet em Cuiabá/ MT. No total, o Grupo contabiliza seis unidades fabris para produção de suplementos minerais e duas para alimentos pet e destinados à piscicultura. A empresa já está presente em 23 países, entre América do Sul, Central, Europa e Ásia.